Willians do Gás quer agendamento de consulta médica por telefone

Vereador Willians do Gás (PSB) dejeja marcação de consulta médica por telefoneHoje, o agendamento de consulta médica em postos de saúde de Ferraz de Vasconcelos só pode ser feito onde o paciente já possui cadastro, porém, pelo menos para pessoas idosas, com deficiência e gestantes esse procedimento tem tudo para ser alterado, em breve. A intenção é que esses três segmentos façam a marcação de consulta médica por telefone em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS) do município. A mudança está sendo proposta pelo vereador (foto) Willians Santos (PSB), o Willians do Gás. O pedido para o Poder Executivo ocorreu na segunda-feira, dia 29.

Na sua sugestão, Willians do Gás deixa claro inclusive que os postos de saúde deverão afixar em local de fácil visualização pelo cidadão interessado os números de telefones e os horários onde ocorrerão os respectivos agendamentos de consulta médica. Com isso, no dia do atendimento pré-estabelecido bastará o paciente idoso, gestante ou com deficiência apresentar apenas o seu documento de identidade e o do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo ele, essa modificação da maneira de o paciente idoso, gestante e com deficiência poder marcar qualquer consulta médica nos postos de saúde da cidade visa facilitar o seu cotidiano, isto é, evitaria o deslocamento dessas pessoas somente para agendar o atendimento e depois retornar na data marcada para passar com o profissional. “Na realidade, entendo ser, perfeitamente, possível a Secretaria Municipal de Saúde adotar esse sistema de agendamento de consulta médica”, diz Willians do Gás.

Na sessão ordinária, o vereador também pediu para a municipalidade a colocação de uma lombada na Rua Saturno Aspásio, na Vila São Paulo. A medida objetiva evitar acidentes no local. Além disso, Willians do Gás propôs estudos visando à criação de rua de lazer a via pública Cleber Afonso, no Jardim Castelo Branco. Com a medida, o tráfego de veículos seria interrompido aos finais de semana e feriados para que os moradores possam fazer as suas atividades recreativas.

Por Pedro Ferreira.