Vereador Tonho apresenta moção de aplauso à Central Única das Favelas

Uma das entidades filantrópicas mais atuantes e, portanto, uma das mais respeitadas no Brasil e até fora do país, a Central Única das Favelas (CUFA) está sendo homenageada com uma moção de aplauso pela Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos. O tributo de autoria do vereador Antônio Carlos Alves Correia (Republicanos), o Tonho (foto), foi apresentado na sessão ordinária desta terça-feira, dia 16. Agora, o texto seguiu para análise das comissões permanentes da Casa.

De acordo com a proposta, o reconhecimento ocorre, na realidade, porque o órgão promove na atualidade a Taça das Favelas Estadual. A etapa regional começou no dia 16 de abril, no Estádio Francisco Marques Figueira, o Suzanão, e reúne 44 equipes de comunidades de todas as dez cidades do Alto Tietê, nas categorias feminino, de 15 anos, com 12 times e masculino, de 14 a 17 anos, com 32 agremiações. As finais estão previstas para o dia 11 de junho.

De um modo geral, a CUFA promove atividades nas áreas de educação, lazer, esportes, cultura e cidadania. Na prática, a renomada entidade oferece cursos de grafite, DJ, break, rap, produções audiovisuais, basquete de rua, literatura, além de outros projetos sociais. Além disso, o órgão realiza, elabora, distribui e veicula a cultura hip hop, por meio de publicações, vídeos, discos, programas de rádio, shows, concursos, festivais de música, cinema, oficinas de arte, exposições, debates, seminários, entre outros eventos.

Em todo caso, apesar de prestar relevantes serviços sociais, educacionais, esportivos e culturais há décadas, a CUFA passou a ganhar notoriedade nacional, sobretudo, no período da pandemia da covid-19, quando em parcerias com outras instituições arrecadou e distribuiu cestas básicas a diversas famílias carentes pelo país afora. A entidade também apoia as ações voltadas para os povos ribeirinhos da Amazônia e as comunidades indígenas.

Cópias da moção de aplauso serão enviadas para os representantes da CUFA em Ferraz, Geraldo Augusto Rodrigues Mendes, o Servo GDS (foto), em Itaquaquecetuba, Gilvan Oliveira Santos (Dyhogo Arizona), e em Arujá, Osvaldo Rizzato e para o coordenador de futebol da Taça das Favelas em São Paulo, Genivaldo Alves, o Dedé. Por outro lado, a primeira edição do campeonato aconteceu em 2012, no Rio de Janeiro. Aliás, a CUFA foi fundada em 1999, naquele estado. Hoje, a entidade atua ainda em mais 15 países.

Por Pedro Ferreira, em 16/05/2023.