You are currently viewing Squizato denuncia crime ambiental contra árvores no Parque Municipal Nosso Recanto

Squizato denuncia crime ambiental contra árvores no Parque Municipal Nosso Recanto

O vereador Claudio Roberto Squizato (PL) denunciou a poda indiscriminada de 21 árvores centenárias no interior do Parque Municipal Nosso Recanto, no Jardim Pérola, em Ferraz de Vasconcelos. Aliás, a supressão ilegal de plantas, notadamente, pinheiros no único espaço público de lazer na cidade chamou à atenção de moradores vizinhos. Na ocasião, indignados eles acionaram o parlamentar que constatou a prática de crime ambiental no local.

No fundo, a presença in loco de Claudio Squizato acabou por impedir um  desastre ambiental ainda maior, já que funcionários da empresa terceirizada para fazer o serviço de poda de árvores no município estavam com a serra elétrica em punho para derrubar mais plantas. “Na realidade, como agente fiscalizador mandei parar aquela verdadeira matança de árvores que levarão décadas para ser reflorestadas”, disse. Para ele, o grave é que a empresa contratada não tinha autorização legal para fazer a poda.

Neste caso, o parlamentar acusa a Secretaria Municipal de Serviços de omissão, tendo em vista, ser o órgão local responsável pela fiscalização. O curioso é que a firma terceirizada foi multada pelo Departamento do Meio Ambiente. O contrato com a empresa para a manutenção de vida pública foi assinado, no ano passado. E, somente para o caso de poda de árvores prevê um gasto mensal de R$31 mil, o que corresponde a entorno de R$310 mil por ano.

Ainda, de acordo com ele, além de prejudicar a natureza, ou seja, a flora, ação desastrosa da empresa também afetou o habitat de corujas e saguis que usavam os troncos de árvores para dormir e, ao mesmo tempo, diversos animais silvestres utilizavam as copas das plantas montar ninhos. “Cometeram, portanto, crimes contra a flora e a fauna num dos únicos refúgios existentes na nossa cidade, o que é altamente lamentável”, critica o parlamentar.

Para passar a limpo o que aconteceu no Nosso Recanto, Claudio Squizato apresentou um requerimento, na segunda-feira, dia 1º. Nele, ele questiona quais as providências administrativas e criminais foram adotadas pela municipalidade em relação à empresa cujo nome fantasia é Poá Vias pela devastação ambiental. Além disso, o vereador pede cópias do auto de infração aplicado, do Boletim de Ocorrência (BO) e do processo administrativo.

Por Pedro Ferreira, em 02/06/2020.