You are currently viewing Petista destaca construção de muro de proteção em prol dos moradores no Jardim Ferrazense

Petista destaca construção de muro de proteção em prol dos moradores no Jardim Ferrazense

Articulada desde o início pelo vereador Claudio Ramos Moreira (PT), a construção de uma mureta de proteção (foto) na divisa do Córrego Ribeirão do Itaim na margem direita (sentido centro-bairro), na Rua Benjamin Constant, no Jardim Ferrazense, finalmente, foi concluída pela Prefeitura da cidade. A obra de cerca de 300 metros de extensão, era uma reivindicação antiga dos moradores da via pública sem saída.

Com isso, hoje, os habitantes comemoram o término dos serviços executados pela construtora Forti, de Suzano, já que antes sem a mureta de proteção (foto) corriam o sério risco de ter a Rua Benjamin Constant inundada e, consequentemente, as suas casas. Em razão disso, os moradores aproveitaram para agradecer ao vereador Claudio Ramos por ter cobrado a obra junto ao setor competente da municipalidade.

 Agora, resolvido o problema que tanto angustiava os munícipes, eles querem um novo asfalto e, ao mesmo tempo, a limpeza de trecho da calçada, assim como a instalação de uma galeria para evitar o transbordamento, ou seja, a invasão de água, sobretudo, em dia de temporais. Por sua vez, Claudio Ramos prometeu que vai solicitar as obras pleiteadas pela comunidade perante o governo municipal.

Além disso, o petista destacou que foi determinante o compromisso político da deputada estadual, Maria Izabel Azevedo Noronha (PT), a Professora Bebel (foto), tendo em vista, que a parlamentar paulista destinou uma verba de R$100 mil para bancar as obras de construção da mureta de proteção. No total, os serviços custaram um pouco mais de R$108 mil. “Por isso, o nosso muito obrigado a Professora Bebel”, diz Ramos.

                                                              Gratidão

O vereador também fez questão de agradecer à prefeita da cidade, Priscila Gambale (PSDB), e ao secretário municipal de Obras, Antônio Carlos Ferreira dos Santos, o Carlinhos. Afinal de contas, sem o empenho da gestora e do seu auxiliar direto, o projeto-executivo não teria saído do papel. “Agora, vou levar o restante das demandas dos moradores para resolver de vez a situação da Rua Benjamin Constant”, concluiu.

Por Pedro Ferreira, em 24/06/2022.