Pernambucano da gema, jornalista Junior dos Anjos ganha o título de cidadão ferrazense

Natural de Salgueiro, no sertão pernambucano, distante cerca de 500 km da capital Recife, o jornalista Francisco Raimundo dos Anjos Junior, o Junior dos Santos, de 41 anos, está sendo agraciado com a principal honraria da cidade, ou seja, com o título de cidadão ferrazense por seus relevantes serviços prestados a sociedade local. Na atualidade, o profissional (dir) faz parte da equipe de comunicação social da prefeita, Priscila Gambale (PSDB).

O projeto de decreto legislativo foi aprovado, por unanimidade, em dois turnos na sessão ordinária desta terça-feira, dia 25. Agora, o texto de autoria do vereador Álvaro Costa Vieira (Pode), o Kaká (foto-esq), segue para sanção do presidente da Casa, Flávio Batista de Souza (Pode), o Inha. Na tribuna, os vereadores José Juca de Araújo Neto (PSC), o Juca do São Judas, Valter da Costa Fernandes (PSD), o Valtinho do Som, Claudio Roberto Squizato (PL), Inha, Luiz Fábio Alves da Silva (PSB), o Fabinho, David Francisco dos Santos Júnior (PSD), o David Júnior e Alexandro Santos Alves Silva (PSC), o Teteco, elogiaram a carreira do homenageado.

O homenageado além de ser graduado em comunicação social pela Universidade Estadual da Bahia (Uneb) também é formado em filosofia, sociologia e pós-graduado em gestão pública. Aliás, por estar antenado com o mundo tecnológico moderno, sobretudo, no conceito de “cidades inteligentes”, o jornalista prepara-se para iniciar o mestrado e o doutorado nesta área pioneira do conhecimento. Além disso, hoje, Junior dos Anjos estuda licenciatura em matemática pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), unidade de Ferraz.

Filho do motorista aposentado do antigo Departamento Nacional de Estrada e Rodagem (DNER) Francisco Raimundo dos Anjos e da professora aposentada da rede estadual de ensino de Pernambuco Maria de Fátima de Ferreira Lima dos Anjos, o mais novo filho ferrazense começou a sua brilhante trajetória profissional logo cedo na Rádio Asa Branca, em Salgueiro. Por sinal, fascinado pela comunicação, aos oito anos de idade, conhecia a programação da emissora pioneira na cidade e pedia para conhecer os estúdios.

Com isso, aos 12 anos, ganhou a sua primeira chance no rádio, no qual deu os primeiros passos, de fato, no caminho da comunicação ao pilotar o programa semanal Juventude Novo Tempo. Na época, com seu jeito peculiar e espontâneo de falar agradou os ouvintes e a diretoria da emissora o convidou para apresentar em horário nobre o programa de maior audiência que levava o seu próprio nome.  Depois, para completar os seus estudos, mudou-se para Recife. Lá, apesar das dificuldades financeiras venceu mais uma batalha.

Na sequência, foi morar em Petrolina, na divisa com a Bahia, onde atuou em rádio, na mídia impressa e na TV Grande Rio, afiliada da Rede Globo. Na ocasião, mais experiente profissionalmente, surgiu então a ideia de conhecer o Estado de São Paulo, ainda considerado o eldorado para a maioria do povo nordestino. Na prática, há 12 anos, veio morar no início em Arujá, depois na capital e finalmente, em Ferraz, onde reside há seis anos. Na cidade, trabalhou no Grupo Cenário de Comunicação. Em terras paulistas, quer apenas uma vida de oportunidades e conquistou.

                                                  Vínculo

“Enfim, já sou um filho adotivo de Ferraz de Vasconcelos e agora tenho a honra de receber o título de cidadão local”, finalizou Junior dos Anjos. Por isso, o jornalista aproveitou para agradecer ao vereador Kaká e ao restante da Casa por aprovar a proposta. Na última festa nordestina na primeira quinzena deste mês, o competente profissional foi um dos apresentadores do evento. Em resumo, o migrante nordestino demonstrou mais uma vez todo o seu talento e conquistou ainda mais a simpatia do público ferrazense e regional.

Por Pedro Ferreira, em 25/10/2022.