Nicolas questiona o possível fechamento de creche

Alertado por um grupo de mães preocupadas com a situação, o vereador Agílio Nicolas Ribeiro David (PSB) resolveu passar a limpo a notícia do possível fechamento da Creche Sementinha, na Vila Corrêa, em Ferraz de Vasconcelos. Para tanto, o socialista (foto) apresentou um requerimento na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 12, questionando a pasta da Educação sobre o assunto, já que a instituição mantém convênio com a municipalidade.

No documento, Nicolas pede que a Câmara Municipal seja informada se a creche será, de fato, desativada e em caso afirmativo quando acontecerá a medida. Além disso, o parlamentar quer saber quais os motivos que levaram ou ainda as razões que podem possibilitar a administração da cidade a fazer o término da parceria com a Creche Sementinha. O vereador também indaga sobre os critérios usados para a contratação de creche conveniada e o processo de fiscalização do contrato.

Além da situação da Sementinha, Nicolas demonstra apreensão também com o que restante das unidades conveniadas             com o governo municipal. Enfim, ele cobra um esclarecimento completo sobre o tema. No mesmo requerimento, o socialista solicita o número de crianças atendidas, o valor dos repasses e como são feitas as prestações de contas pelos órgãos parceiros. Segundo ele, de acordo com dados preliminares, a Creche Sementinha não teria apresentado o seu balanço de forma correta.

Por sua vez, para tranquilizar os pais de crianças atendidas na citada unidade, o vereador Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se Ligue disse que a secretária municipal da Educação, Valéria Eloy da Silva Kovac já inclusive designou uma supervisora da pasta para resolver o impasse. Com isso, evita-se o risco de acontecer o fechamento da creche. Ele ressaltou ainda que a cidade tem mais de 1,7 mil crianças na fila de espera e, portanto, seria um retrocesso enorme o fim da Sementinha.

Por Pedro Ferreira, em 13/11/2018.