You are currently viewing Marcos BR volta a questionar a falta de uniforme e kit escolar

Marcos BR volta a questionar a falta de uniforme e kit escolar

Primeiro vereador a questionar a falta de entrega de uniforme e de kit escolar, em 2017, Antonio Marcos Atanazio (MDB), o Marcos BR (foto) usou a tribuna da Casa, na segunda-feira, dia 3, para insistir que a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos providencie o quanto antes a distribuição do fardamento e do material escolar para alunos da rede municipal. Aliás, os estudantes locais retornam às aulas justamente nesta terça-feira.

De acordo com o parlamentar, nos anos anteriores, o Poder Executivo alegava não ter dinheiro para adquirir os uniformes e o kits escolares, porém, agora passado todo esse tempo nada justifica esse atraso no cumprimento da promessa. Além disso, Marcos BR destaca ainda que ao ser sempre questionado sobre o assunto, o governo municipal respondia inclusive que estaria economizando verba para tal finalidade.

Na prática, somente para a compra de uniformes seria necessário algo em torno de R$5 milhões. No segundo semestre de 2019, a Secretaria Municipal da Educação iniciou processo para adquirir 19.551 kits de fardamentos. O contrato foi assinado, em 31 de outubro. Já o kit escolar já estaria inclusive pronto para ser distribuído aos alunos nas próximas semanas. O material didático foi comprado em parceria com o governo estadual. A medida serviu para baratear custos.

Por sua vez, em relação aos uniformes, a expectativa é que os trajes possam ser entregues até o mês que vem. Para Marcos BR, toda essa demora na distribuição de uniforme e do kit escolar demonstra a ausência de gestão da atual administração da cidade. “De fato, o Poder Executivo equilibrou as finanças públicas, mas, falha por não fazer os investimentos necessários e prioritários”, critica.

Para passar a limpo o tema, o vereador pretende se reunir nos próximos dias com a titular da pasta da Educação, professora Sonia Regina. O último requerimento de Marcos BR cobrando uma posição oficial da municipalidade a respeito do uniforme escolar foi aprovado, em outubro do ano passado. Além de dele, o vereador Renato Ramos de Souza (Cidadania), o Renatinho Se Ligue (foto) também tem sido um crítico contumaz do assunto.

Por Pedro Ferreira, em 04/02/2020.