You are currently viewing Edson Cury propõe o escalonamento para permitir a reabertura gradual de comércios

Edson Cury propõe o escalonamento para permitir a reabertura gradual de comércios

Na sua volta a Câmara Municipal após quase três anos de quando assumiu pela primeira vez na atual legislatura na suplência do Partido Socialista Brasileiro (PSB), vereador Edson Elias Khouri, o Edson Cury propôs verbalmente ao Poder Executivo pensar numa maneira de flexibilizar a quarentena como, por exemplo, estabelecendo dias pares e ímpares para a reabertura de estabelecimentos comerciais, sobretudo, os situados na região central da cidade. O discurso dele favorável a suavização do isolamento social ocorreu na sessão ordinária, nesta quarta-feira, dia 22. Ele (foto) substitui Claudio Roberto Squizato (PL) por 15 dias contados desta data por motivo de saúde.

            De acordo com o socialista, o fechamento de comércios como já vem  acontecendo há semanas possui, de fato, um papel de suma importância para tentar controlar o avanço do novo coronavírus (Covid-19), porém, a decisão precisa ser revista dentro do possível pelo governo municipal levando em conta o grau de disseminação da doença. Para ele, naturalmente, esse viável afrouxamento do contingenciamento social também requer ouvir o que dizem os especialistas em ações sanitárias antes da adoção de um ato administrativo. A quarentena continua até o dia 10 de maio.

A verdade incontestável, segundo Edson Cury, é que a paralisação total da atividade econômica seja ela na esfera comercial, industrial e de prestação de serviço, entre outros, segmentos produtivos já está, sem dúvida alguma, causando a falência de inúmeros empresas e estabelecimentos comerciais. Com isso, uma das consequências mais danosas é o desemprego em massa, que, aliás, antes do advento da pandemia da Covid-19, no caso brasileiro, passava de 12 milhões de desempregados. “Agora, com essa crise sem precedentes na história da humanidade o quadro tende a piorar”, diz.

Na tribuna do Poder Legislativo ferrazense, além de sugerir o abrandamento do isolamento social, Edson Cury que já exerceu dois mandatos consecutivos de vereador, de 2009 a 2016, sendo que de 2011 a 2012 ele presidiu a Câmara Municipal em um dos momentos políticos mais conturbado na história local, também usou de sua habilidade política para pedir vistas por 15 dias do projeto de lei complementar que dispõe  sobre a reorganização administrativa da Prefeitura Municipal. O texto do Poder Executivo tramita na Casa desde o ano passado.

                                    Fora de contexto

Para o vereador, a matéria não requer urgência nesse instante de pandemia e, portanto, pode muito bem ser apreciada depois de passar a crise da Covid-19. Em particular, Edson Cury aponta dois pontos polêmicos na matéria governista: primeiro a recriação da Secretaria Municipal de Comunicação e segundo: a fusão da pasta da Segurança Pública com a de Governo. Neste último caso, por exemplo, ele acredita ser mais plausível manter o setor de segurança público com uma estrutura própria tendo em vista o seu papel institucional no enfrentamento à violência.

Por Pedro Ferreira, em 22/04/2020.