You are currently viewing Squizato pede explicações sobre lentidão no atendimento pela Caixa Econômica Federal

Squizato pede explicações sobre lentidão no atendimento pela Caixa Econômica Federal

Para tentar aliviar o sofrimento, ou seja, reduzir a lentidão no atendimento diário de clientes nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF) na cidade, o vereador Claudio Roberto Squizato (PL) resolveu cobrar explicações da tradicional instituição financeira brasileira. No fundo, o parlamentar apresentou um requerimento na sessão ordinária na terça-feira, dia 26. Na ocasião, o documento foi aprovado, por unanimidade, pelo plenário da Casa.

Nele, Squizato (foto) quer saber, por exemplo, qual o tempo médio de espera de um munícipe para ser atendido presencialmente nas agências do banco público e por qual motivo a instituição financeira dispõe de poucos funcionários para fazer jus a toda a demanda de usuários. Além disso, o vereador questionou ainda a frequente demora no sistema eletrônico, que, aliás, acaba sendo o culpado por tudo, isto é, impossibilitando que a população tenha o seu problema resolvido.

Por isso, em relação à formação constante de filas gigantescas nas imediações e no interior das agências da Caixa nas Avenidas Santos Dumont, na Vila Ana Maria e XV de Novembro, no centro, Squizato pediu se existe um planejamento objetivando a instalação de mais uma unidade. Já no tocante à falta de funcionários, o parlamentar mencionou a possibilidade de transferência de servidores de outras agências para as de Ferraz de Vasconcelos ou até mesmo a realização de concurso público.

Apesar de criticar o atendimento nos dois locais, Squizato reconheceu que por ser a única instituição bancária responsável pelo pagamento de benefícios sociais, entre eles o Auxílio Brasil e o seguro desemprego, não é uma tarefa fácil o banco federal acolher toda a clientela ao mesmo tempo. Mesmo assim, ele acredita que o atendimento deveria ser bem mais prestativo. Cópias do requerimento serão enviadas para a superintendência da CEF na Penha, na zona leste, e para as gerências na cidade.

                                                Unanimidade

Por sua vez, os vereadores Claudio Ramos Moreira (PT), Flávio Batista de Souza (Pode), o Inha, Roberto Antunes de Souza (Cidadania), Antônio Carlos Alves Correia (Republicanos), o Tonho, Luiz Fábio Alves da Silva (PSB), o Fabinho e Eliel de Souza (PL), o Eliel Fox, também desaprovam a recepção dada aos clientes da CEF. Segundo eles, as filas enormes são desumanas e, portanto, o setor competente da municipalidade precisa aumentar a fiscalização.

Por Pedro Ferreira, em 27/04/2022.