You are currently viewing Deí regulariza viela e leva cidadania para os moradores do Jardim Figueiredo e da Vila Jamil

Deí regulariza viela e leva cidadania para os moradores do Jardim Figueiredo e da Vila Jamil

Sem poder receber benfeitorias pela Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos, finalmente, com o processo de oficialização em andamento, a viela existente entre a Rua Diácono Francisco Lamas Pedras, no Jardim Figueiredo, com a Avenida Luiz Antônio de Paiva, na Vila Jamil vai ganhar uma denominação. Na realidade, a via pública passará a chamar-se de Viela Wilker Nelson Aparecido Rodrigues. O homenageado faleceu aos 21 anos em 2011.

O projeto de decreto legislativo com essa finalidade já foi inclusive aprovado pela Câmara Municipal em primeiro turno, na terça-feira, dia 22. Com isso, a matéria de autoria do vereador Derneval Jardim (PL), o Deí (foto), deve voltar à pauta em segunda e última discussão na próxima sessão ordinária, no dia 29, a partir das 9h. Na sequência, o texto será promulgado pelo presidente da Casa, Flávio Batista de Souza (Pode), o Inha.

De acordo com Deí, a falta de infraestrutura no local acaba comprometendo a segurança do próprio morador e do transeunte que precisa ir e vir do Jardim Figueiredo à Vila Jamil, sobretudo, os trabalhadores que usam as composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos na estação Antônio Gianetti Neto, no Parque São Francisco. Além disso, crianças, pais e responsáveis passam pela viela para ir e voltar às escolas, postos de saúde e estabelecimentos comerciais, entre outros pontos.

Aliás, o projeto-executivo já encontra-se em fase de conclusão na Secretaria Municipal de Planejamento Urbano, chefiada pelo vereador licenciado Hodireli Martins Pereira, o Mineiro. Por sua vez, as obras de infraestrutura, isto é, a colocação de guias, sarjetas e a pavimentação estão orçadas em R$400 mil. O dinheiro é fruto de uma emenda parlamentar do deputado estadual, André do Prado (PL).

Deí ressaltou ainda que com a regularização da Viela Wilker Nelson Aparecido Rodrigues (foto) medindo em torno de um quilômetro de extensão, os moradores vão poder também ter um Código de Endereçamento Postal (CEP), o que facilitará ainda mais o dia a dia dos residentes. Afinal de contas, hoje, os munícipes precisam indicar o endereço de parentes e amigos para receber correspondências e outros documentos. “Enfim, mais cidadania e dignidade”, diz.

                                    Parceiros

O vereador aproveitou também para agradecer o deputado estadual, André do Prado, a prefeita, Priscila Gambale e o secretário Mineiro, o primeiro por enviar o recurso financeiro e o restante por concordar com a ideia de construir serviços de infraestrutura urbana na referida via pública. Já os vereadores Inha e Luiz Fábio Alves da Silva (PSB), o Fabinho, elogiaram o autor pela iniciativa.

Por Pedro Ferreira, em 24/03/2022.