You are currently viewing Para aliviar o trânsito, vereador pede retirada de “avanços” em avenidas e rua na região central

Para aliviar o trânsito, vereador pede retirada de “avanços” em avenidas e rua na região central

Os chamados “avanços” ou “ilhas” situados em trechos das Avenidas Brasil, XV de Novembro e da Rua Otávio Rodrigues Barbosa, no centro, poderão ser retirados pelo setor competente da Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos em breve. As mudanças na malha viária visam melhorar o trânsito nos locais e, ao mesmo tempo, evitar o estrangulamento no fluxo de veículos na região central da cidade. Construídos na segunda gestão do então prefeito, Jorge Abissamra (PSB), o Dr. Jorge, os avanços (foto) servem hoje como depósitos de lixo.

As medidas foram sugeridas pelo vereador Roberto Antunes de Souza (Cidadania) por meio de uma indicação apresentada na sessão ordinária, na terça-feira, dia 22. Segundo ele, o fim dos avanços vai permitir mais espaço público e, com isso, a Prefeitura Municipal poderá redefinir o tráfego de automóveis no centro. Ainda, para o vereador, esse tipo de ação significa pensar, de fato, o desenvolvimento sustentável da cidade de um modo geral.

Afinal de contas, nos últimos anos, sobretudo, Ferraz de Vasconcelos registra um crescimento vertical na construção de apartamentos e, portanto, o número de moradores só tende a aumentar com o passar do tempo. Com isso, a quantidade de carros em circulação também acompanha, o que fatalmente contribui para piorar o sistema de trânsito. No momento, a população oficial estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é de 198.661 habitantes, mas o número pode ultrapassar os 200 mil munícipes.

“Hoje, a cidade possui uma frota de mais de 70 mil carros e, neste caso, as autoridades locais precisam planejar o fluxo de veículos, principalmente, na região central, já que não teremos espaços físicos suficientes na malha viária para suportarem o grande volume de automóveis”, explicou Roberto de Souza (foto). Por isso, ele inclusive propôs ainda a contratação de um especialista ou de uma empresa para auxiliar neste setor. “Na verdade, a contratação de um engenheiro de trânsito vai viabilizar muito melhor o sistema viário”, comentou.

                                    Matriz

O vereador acrescentou também que mantém diálogos permanentes com o secretário municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, Marcelo Dearo de Carvalho. Na prática, o titular da pasta é receptivo às sugestões dadas. Já o presidente da Câmara Municipal, vereador Flávio Batista de Souza (Podemos), o Inha, acredita que o tema deve estar inserido no Plano Municipal de Mobilidade Urbana que se arrasta desde 2015. Aliás, o parlamentar cobra uma solução para o assunto a partir de 2017. Ele acha viável a retirada das ilhas (foto).

Por Pedro Ferreira, em 23/03/2022.