You are currently viewing Petista propõe à prefeita a criação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial

Petista propõe à prefeita a criação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial

Uma reivindicação antiga do movimento negro local, desta vez, parece que a criação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Compir) tende a sair do papel em breve. Aliás, a ideia foi sugerida por meio de um ofício protocolado diretamente junto à prefeita, Priscila Gambale (PSD) pelo vereador Claudio Ramos Moreira (PT), na última sexta-feira, dia 28 (foto). Segundo o petista, a gestora prometeu que vai estudar o caso.

Além de propor a implantação do Conselho Municipal de Igualdade Racial, o vereador do Partido dos Trabalhadores já tomou a liberdade e apresentou um texto-base da matéria elaborado por representantes do movimento negro na cidade, sobretudo, pelo ativista Renato de Oliveira, que, por sinal, fez todo o levantamento de leis similares na região do Alto Tietê.

“Na realidade, o projeto de lei encontra-se pronto e basta apenas o Executivo enviar para à Câmara Municipal”, diz Claudio Ramos. O parlamentar acrescentou ainda que por falta de um órgão desta natureza, a cidade não pode realizar a sua conferência municipal e muito menos participar das etapas regional, estadual e nacional. Por conta disso, no próximo dia 05, Ferraz irá participar da de Suzano como convidado.

Na prática, o colegiado terá como uma de suas atribuições promover políticas públicas antidiscriminatórias e voltadas à afirmação dos direitos do segmento negro. O provável órgão será formado por representantes do Poder Executivo e da sociedade civil afim. Em caso de oficialização, o Compir de Ferraz de Vasconcelos será subordinado à Secretaria Municipal da Cultura e Turismo.

Por Pedro Ferreira, em 31/01/2022.