You are currently viewing Experiente, Fabinho defende diálogo mais frequente entre prefeita e vereadores

Experiente, Fabinho defende diálogo mais frequente entre prefeita e vereadores

Para o atual decano da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos, vereador Luiz Fábio Alves da Silva (PSB), o Fabinho (foto), a prefeita da cidade, Priscila Gambale (PSD) deve manter uma relação política institucional mais interativa com à Casa. Na prática, o parlamentar sempre que usa a tribuna cobra mais diálogo entre os Poderes Executivo e Legislativo.

Enfim, ele defende a realização de reuniões periódicas para tratar de assuntos relevantes para o dia a dia do cidadão local. Em sua opinião, o fato de a gestora atender sempre com presteza de maneira individual os vereadores no seu gabinete no Palácio da Uva Itália, na Vila Romanópolis, deve ser considerado como um gesto positivo, porém, existem temas que precisam ser abordados de forma mais coletiva.

Como, por exemplo, quando o Poder Executivo decide encaminhar para apreciação da Câmara Municipal algum projeto de lei que mexe diretamente com o cotidiano do morador em geral, deveria conversar antes com os vereadores para tirar eventuais dúvidas e depois enviar o texto a Casa. “Somos o porta-voz do munícipe e, portanto, podemos e devemos contribuir no instante da elaboração de propostas”, diz.

Fabinho cita como assunto pendente que exige esse tipo de relacionamento mais próximo a revisão do Plano Diretor (PD) que já deveria ter sido feita desde 2016, de acordo com o Estatuto das Cidades e permanece apenas no campo da expectativa, apesar da cobrança insistente dos vereadores. “Aliás, a recente licitação do transporte público não foi compartilhada com nós vereadores como deveria ser”, finaliza Fabinho.

                                       Convite

A propósito, por coincidência ou não ao que propõe o vereador Fabinho, a prefeita, Priscila Gambale convidou os parlamentares a participarem de uma reunião institucional na próxima terça-feira, dia 24, às 9h30. Na agenda, assuntos importantes que a atual administração da cidade pretende discutir com os vereadores. Além deles, secretários municipais também devem comparecer à audiência de trabalho.

Por Pedro Ferreira, em 20/08/2021.