You are currently viewing Roberto de Souza demonstra preocupação com a onda imobiliária que toma conta da cidade

Roberto de Souza demonstra preocupação com a onda imobiliária que toma conta da cidade

Com a experiência de cinco mandatos eletivos, o vereador Roberto Antunes de Souza (Cidadania) aproveitou a discussão de um requerimento tratando sobre a falta de atualização do Plano Diretor de Ferraz de Vasconcelos, na segunda-feira, dia 08, para expressar a sua preocupação com o crescimento populacional desordenado na cidade, sobretudo, nos últimos anos. Para ele (foto), esse verdadeiro inchaço de novos moradores poderá levar o município ao caos, em breve.

Afinal, Roberto de Souza acredita que com o grande número de empreendimentos imobiliários em construção como acontece no momento será muito difícil para a Prefeitura Municipal atender toda a demanda por serviços básicos, ou seja, por segurança pública, creches, postos de saúde, escolas, áreas de lazer e meios de transporte. “Na verdade, hoje, a administração local já encontra dificuldades para oferecer um atendimento, no mínimo, digno para a sociedade, fico imaginando como será nos próximos anos?”, diz.

Por isso, o vereador avalia que o processo de revisão do Plano Diretor que já deveria ter sido feito desde 2016, de acordo com o Estatuto das Cidades, ganha ainda mais importância nesse contexto de boom imobiliário, já que o citado instrumento possui por finalidade projetar o futuro da cidade numa década. Por sua vez, Roberto de Souza deixa claro que não é contra a construção de apartamentos, na cidade, porém, a flagrante falta de planejamento do impacto dessas obras no cotidiano.

Além disso, o parlamentar ressalta que infelizmente essa onda imobiliária existente não enfrenta diretamente o drama da falta de moradia popular, em Ferraz. Enfim, com exceção das 188 casas que estão sendo concluídas, na Vila São Paulo, depois de mais de 14 anos, o município não tem sequer um programa populacional efetivo para beneficiar, por exemplo, moradores de áreas de risco. “Em síntese, essas obras privadas espalhadas pela cidade atendem apenas o interesse do investidor”, opina.

                                               Formigueiro

De acordo com a última estimativa populacional, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada, em julho do ano passado, Ferraz possui 196.500 habitantes, o que corresponde a uma densidade demográfica de 6.550 moradores por quilômetro quadrado, o que, sem dúvida alguma, coloca a cidade como uma das mais povoadas no país. Convém destacar que no último censo, em 2010, o órgão computou 168.306 habitantes. Com isso, a densidade era de 5,6 mil pessoas.

Por Pedro Ferreira, em 10/02/2021.