You are currently viewing Inha pede urgência na inauguração de hospital de campanha no Jardim Santa Rosa

Inha pede urgência na inauguração de hospital de campanha no Jardim Santa Rosa

Depois de reconhecer o esforço da Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, em especial de profissionais da pasta da Saúde na luta contra o novo coronavírus (Covid-19), o vereador Flavio Batista de Souza (Podemos), o Inha (foto) pediu urgência na inauguração do hospital de campanha que está sendo montado no Ginásio Professor Adão Dias dos Santos, o Adãozão, no Jardim Santa Rosa. A solicitação dele ocorreu na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 27.

Segundo ele, a abertura o quanto antes do hospital temporário se faz necessária porque pacientes locais suspeitos não têm lugar para ser atendido na cidade, já que o Hospital Regional Dr. Osíris Florindo Coelho, na Vila Corrêa, não é uma referência nesse tipo de procedimento no momento. Com isso, a saída tem sido procurar socorro no Hospital Jesus Teixeira da Costa, em Guaianases. “Portanto, o nosso povo está à mercê em face essa pandemia que assusta a todos nós”, diz Inha.

Por isso, o parlamentar acredita que a solução mais apropriada, hoje, é o governo municipal em parceria com a empresa contratada para gerenciar o hospital de campanha apressar a sua inauguração, de preferência, até o dia 1º de maio. O complexo avaliado em R$5,3 milhões por quatro meses possui 20 leitos para casos leves e moderados, dez de Centro de Terapia Intensiva (CTI) para pacientes graves 24h por e um de triagem com 50 poltronas para medicação rápida de suspeitos.

A unidade temporária atenderá das 7h às 22h e igualmente ao hospital de campanha instalado no Sambódromo do Anhembi, na capital paulista, também é o único a aceitar paciente na porta, ou seja, não precisará ser encaminhados por postos de saúde. “Na realidade, trata-se de um plano de ação emergencial que necessita ser implantado, de fato, para o enfrentamento a pandemia da Covid-19 em nossa cidade”, aponta Inha. Até o último balanço divulgado, na segunda-feira, Ferraz de Vasconcelos registra dez mortes e 104 casos suspeitos de contaminação da doença.

Por Pedro Ferreira, em 28/04/2020.