You are currently viewing Aparecido Marabraz propõe manutenção de viaduto no Parque São Francisco

Aparecido Marabraz propõe manutenção de viaduto no Parque São Francisco

A falta de manutenção preventiva, aliás, apesar de ter sido construído, em 1984, o elevado nunca passou por um processo de conservação periódico, o Viaduto Vereador João Batista Camilo Neto sobre a Estação Antônio Gianetti Neto, no Parque São Francisco, em Ferraz de Vasconcelos, voltou a ser assunto na Câmara Municipal, na segunda-feira, dia 17. Na ocasião, o plenário da Casa aprovou, por unanimidade, um requerimento exigindo uma manifestação oficial da municipalidade.

No documento de autoria do vereador, José Aparecido Nascimento (PT), o Aparecido Marabraz (foto) solicita para que o Poder Legislativo seja informado se a Prefeitura da cidade já fez algum laudo técnico da estrutura física do viaduto e em caso positivo qual foi à empresa responsável pelo referido estudo. Em compensação, o petista também cobra uma explicação para a hipótese de a resposta ser negativa, ou seja, mesmo assim quer saber quais providências estariam sendo adotadas para evitar um acidente.

Convém ressaltar que no ano passado, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo (Crea-SP) realizou uma vistoria e, na oportunidade, encontrou o concreto deteriorado, ferros expostos e infiltração, principalmente, na parte interna do Viaduto Vereador João Batista Camilo Neto (foto). Por isso, segundo o órgão de classe, existem problemas como ferragens enferrujadas e rachaduras, o que evidencia a ausência de manutenção do elevado.

Mas, de acordo com a entidade, a avaliação preliminar não é suficiente para garantir que há riscos de queda. Preocupado com o tema, o Crea-SP enviou ofício sugerindo ao Poder Executivo a contratação de um especialista para emitir uma perícia técnica atestando assim algumas condições de conservação da estrutura. Na época, o governo municipal prometeu iniciar os trabalhos de reforma em três meses, porém, não cumpriu.

                                   Em andamento

Agora, a administração da cidade diz que o processo encontra-se em fase de contratação da empresa para fazer o projeto de recuperação do viaduto, no entanto, não deu um prazo para o começo das obras. Além disso, o Poder Executivo assegurou que a Guarda Civil Municipal (GCM) promove rondas ostensivas constantes no elevado para impedir qualquer tipo de crime. Em 2019, o vereador Eliel de Souza (PL), o Eliel Fox também pediu providências ao governo local sobre o tema, contudo, em vão.

Por Pedro Ferreira, em 18/02/2020.