You are currently viewing Renatinho fiscaliza escolas municipais antes do início das aulas

Renatinho fiscaliza escolas municipais antes do início das aulas

Com o início das aulas na semana que vem, o vereador Renato Ramos de Souza (Cidadania), o Renatinho Se Ligue (dir) visitou diversas escolas municipais na cidade. Infelizmente, para ele, a situação encontrada nas unidades de ensino há poucos dias da volta às aulas é crítica e evidencia a necessidade de reformas e manutenções com urgência das escolas. As fiscalizações feitas pelo parlamentar acontecem  desde o início do ano.

Com isso, de lá para cá, diversas denúncias de pais e funcionários impulsionaram ainda mais a cobrança por ações da Prefeitura Municipal. “Por todas as escolas onde passei ouvi reclamações, inclusive das que já foram reformadas. Ou reclamam do vazamento em época de chuva, ou do piso que esta soltando, de janelas quebradas, infiltrações, pintura inacabada e inúmeras situações que já deveriam estar solucionadas para o início das aulas em fevereiro” explica Renatinho.

A Escola Municipal de Ensino Básico (Emeb) Abílio Secundino Leite, no Jardim TV, é exemplo da total imprudência e descaso do Poder Executivo com crianças de 4 a 6 anos de idade, por conta da mudança da demanda, a unidade que recebia apenas alunos de ensino fundamental, agora passa a receber alunos da educação infantil. Em uma de suas visitas, Renatinho se deparou com infiltrações, poças de água dentro das salas, mofo, rachaduras, além da péssima condição de estado do telhado.

Em virtude do precário estado de conservação, o vereador registrou uma denúncia na Vigilância Sanitária e recomendou a não utilização da escola até que sejam realizadas as devidas adequações para minimizar o risco a saúde dos estudantes e funcionários da unidade. Após o questionamento do vereador, a Vigilância Sanitária foi até a escola e comprovou o que havia sido relatado por Renatinho.

No relatório  assinado pela autoridade sanitária Sonia Elizete Gomes, constam as situações observadas pela mesma, telhas quebradas, ventilação e iluminação inadequada, mal cheiro, bolor, entre outros pontos negativos, que juntos tornam o ambiente insalubre. Por pedido do parlamentar, os responsáveis pelas manutenções e engenheiros da Prefeitura compareceram a escola e fizeram a análise das reclamações apresentadas.

Além disso, depois de muita insistência, Renatinho também conseguiu levar o secretário de obras Antônio Carlos dos Santos Ferreira, o Carlinhos ao local e questionou se tal ambiente possui condições de abrigar crianças do ensino infantil. O resultado da incansável cobrança foi à recomendação da não utilização da escola e retornos positivos quanto às reformas para que nem o ano letivo nem a saúde das crianças sejam prejudicados.

Renatinho ressalta ainda que o que foi feito no Abílio, se depender dele seria feito também nas demais escolas, se necessário. “A prioridade aqui, são os alunos da rede municipal e a comunidade escolar de forma geral que precisam de, no mínimo, condições adequadas para estudar” concluiu. O vereador acrescentou também que já havia dado ciência da situação para a ex secretária de Educação, professora Valéria Kovac e que já se reuniu com a atual titular da pasta, professora Sonia Regina para que adote as providências cabíveis junto ao departamento de obras e fiscalização da Prefeitura de Ferraz.

Por Pedro Ferreira e assessoria do vereador, em 27/01/2020.