Por serviços relevantes, padre é agraciado com o título de cidadão ferrazense

Por serviços relevantes, padre é agraciado com o título de cidadão ferrazense

Em reconhecimento aos 18 anos de trabalho sacerdotal a frente da Paróquia Nossa Senhora da Paz, em Ferraz de Vasconcelos, o padre José Eduardo Ferreira, o Padre Eduardo (dir) foi agraciado com o título de cidadão local, na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 16. Na atualidade, o ilustre homenageado com a principal comenda local exerce a sua atividade missionária, em Santa Isabel.

O mais novo filho ferrazense é natural de Suzano e estudou teologia na Pontifícia Universidade Católica (PUC) e pedagogia, na Universidade Braz Cubas, em Mogi das Cruzes. O Padre Eduardo, de 53 anos, é graduado em filosofia. Em sua trajetória de pregador da palavra do Senhor e administrador da Paróquia Nossa Senhora da Paz, o vigário realizou mais de três mil batizados e de mil casamentos.

Na tribuna, o sacerdote (foto) agradeceu a concessão da homenagem afirmando que não tinha noção do alcance do seu trabalho, ou seja, de como é querido pela comunidade católica em geral. O Padre Eduardo defendeu a visão social da Igreja Católica em defesa, sobretudo, dos mais carentes. “Por isso, sempre fui favorável à existência de uma igreja aberta e que luta pelos mais pobres”, destacou.

O Padre Eduardo aproveitou o momento para agradecer o autor do projeto de decreto legislativo, Renato Ramos de Souza (Cidadania), o Renatinho Se Ligue (esq-acima) e ao restante da Casa por aprovar, por unanimidade, o tributo em sua homenagem. Aliás, além de Renatinho, a boa parte dos vereadores fez questão de ir à tribuna para expressar o sentimento de gratidão e respeito à carreira missionária do Padre Eduardo. O atual auxiliar da Paróquia Nossa Senhora da Paz, padre César participou do evento.

Por Pedro Ferreira, em 17/12/2019.

Compartilhe nas Redes Sociais:
Fechar Menu