You are currently viewing Fabinho vai à Brasília em busca de recursos para centro de fisioterapia na Vila Santa Margarida

Fabinho vai à Brasília em busca de recursos para centro de fisioterapia na Vila Santa Margarida

Decidido a ajudar a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos a tirar do papel o centro de fisioterapia, na região da Vila Santa Margarida, o vereador, Luiz Fabio Alves da Silva (MDB), o Fabinho (foto), vai à Brasília no início da semana quem vem para pedir a apresentação de emendas ao Orçamento-Geral da União (OGU) de 2020 e, com isso, garantir verba para a compra de equipamentos da futura clínica de fisioterapia a ser construída em uma área pública na Rua Francisco Sperandio, s/n., no Cidade Kemel.

Na capital federal, Fabinho manterá agendas com os deputados federais paulistas, Jefferson Campos (PSB), Roberto de Lucena (Podemos) e Luiza Erundina (Psol). A intenção do vereador local é solicitar emendas respectivamente de R$500 mil, R$400 mil e R$300 mil. Além disso, o próprio Fabinho já fez também medida semelhante na Lei Orçamentária Anual (LOA) deste ano no valor de R$400 mil para assegurar o dinheiro inicial da obra orçada, em R$1,7 milhão.

Aliás, o projeto arquitetônico do centro de fisioterapia já foi inclusive elaborado pela Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano, Saneamento, Verde, Meio Ambiente e Habitação. Para Fabinho, a futura clínica irá beneficiar centenas de pacientes, que, hoje, são obrigados a buscar tratamento afim num único lugar na cidade situado no Jardim Castelo. Já os pacientes terão a sua atenuada, já que não precisarão mais pegar mais de duas conduções para ir e voltar para recuperar a sua condição física.

O maior recordista de mandatos eletivos na Câmara Municipal, com seis, essa não é a primeira vez que Fabinho conquista algo em prol dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), na cidade. Ele contribuiu para a aquisição de um mamógrafo e de um aparelho de raio-x, em 2011. Hoje, os dois equipamentos estão instalados no Mais Mulher, no Sítio Paredão, no centro. Enfim, no chamado Outubro Rosa, o mamógrafo desempenha um papel muito importante, tendo em vista, um aumento na procura por prevenção pelas mulheres. “Certamente, muitas vidas foram salvas”, diz Fabinho.

Por Pedro Ferreira, em 15/10/2019.