You are currently viewing Eliel Fox quer contratos firmados com prestadores de serviços

Eliel Fox quer contratos firmados com prestadores de serviços

Usando de sua prerrogativa constitucional de agente fiscalizador de atos administrativos do Poder Executivo, o vereador Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox (foto) continua cobrando do governo municipal informações referentes a contratos firmados com empresas prestadoras de serviço de um modo geral. Na segunda-feira, dia 27, por exemplo, o parlamentar apresentou quatro requerimentos com essa finalidade.

Na sessão ordinária, os documentos foram aprovados, por unanimidade, pelo plenário da Casa. Na prática, Eliel Fox questiona a administração da cidade, no tocante, aos serviços contratados, os valores financeiros investidos e as modalidades de contratação, entre outros, itens. Com isso, o Palácio da Uva Itália tem um prazo de 15 dias para responder os pedidos de informação contados a partir do seu recebimento.

Segundo ele, no ano passado, por conta da terrível crise econômica porque enfrentou a municipalidade, apesar de o aperto financeiro ainda continuar, porém, em menor intensidade, o Poder Executivo quase nada pôde fazer, no período, para promover o bem-estar do povo ferrazense. Em contrapartida, graças ao saneamento das contas públicas pela atual gestão, o cenário de caos econômico melhorou bastante.

Em razão disso, desde o final do segundo semestre de 2017, o governo municipal começou a destravar os impasses administrativos herdados de gestões passadas, ou seja, passou a ter um pouco mais de recursos para colocar a máquina pública para funcionar ainda que permaneça devagar, mas já é um alento. “Por isso, como vereador quero saber como o dinheiro público está sendo aplicado”, comenta Eliel Fox.

Por sua vez, o vereador deixa claro que o seu trabalho de fiscalização não representa nenhum tipo de desconfiança nos atos do atual governo, já que, em princípio, as medidas administrativas adotadas não apresentam ilegalidades. “No fundo, os nossos requerimentos objetivam apenas aumentar ainda mais o grau de lisura e transparência da administração pública municipal”, conclui Eliel Fox.

Por Pedro Ferreira, em 30/08/2018.