Nicolas propõe projeto para aumentar a doação de sangue

Nicolas propõe projeto para aumentar a doação de sangue

Com o objetivo de incentivar a doação de sangue, Ferraz de Vasconcelos vai instituir no seu calendário oficial de eventos o chamado “Junho Vermelho” a ser comemorado anualmente no citado mês. A campanha sobre a importância de as pessoas doarem sangue está sendo proposta por meio de um projeto de lei pelo vereador, (foto) Nicolas Ribeiro David (PSB). O texto foi apresentado na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 18.

Na matéria sem data para ser votada, Nicolas Ribeiro deixa a critério do Poder Executivo promover a adoção das medidas necessárias para a realização de parcerias com a iniciativa privada e demais entidades interessadas em participarem da campanha “Junho Vermelho”. Ainda, de acordo com o projeto de lei, além de estimular as ações educativas para atrair os moradores que não possuem o hábito de doar sangue, o plano também quer manter a repetição desse gesto humanitário que salva vidas.

Na prática, Nicolas Ribeiro pretende com a sua ideia aumentar o maior número possível de doadores, ou seja, convencer não apenas aqueles que nunca ofertaram sangue, mas mostrar que os contribuintes habituais continuem voltando com frequência aos hemocentros no Alto Tietê e na capital paulista. Para doar, basta estar em condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira ação tenha sido feita até os 60, pesar mais de 50 kg e estar alimentado.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera 14 de junho como o Dia Internacional do Doador de Sangue. Para o órgão ligada a Organização das Nações Unidas (ONU), cada bolsa do produto coletada pode salvar até quatro pessoas. A entidade recomenda que, no mínimo, 5% da população do planeta doe sangue regularmente, porém, no Brasil, esse número não chega a 2%. “Na verdade, o nosso projeto visa colocar Ferraz na lista de cidades solidárias”, finaliza Nicolas Ribeiro.

Por Pedro Ferreira, em 19/06/2018.

Compartilhe nas Redes Sociais:
Fechar Menu