You are currently viewing Ferraz receberá verba para reformar CCI no Nosso Recanto

Ferraz receberá verba para reformar CCI no Nosso Recanto

Após solicitação do vereador Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se Ligue e do secretário municipal de Assistência Social de, Rodrigo de Freitas Siqueira, a cidade será contemplada com uma verba de R$250 mil da Secretaria de Estado da Promoção Social. O dinheiro deverá ser usado na reforma da sede do Centro de Convivência do Idoso (CCI), no Parque Municipal Nosso Recanto, no Jardim Pérola.

O pedido formal do recurso foi feito, no final do ano passado, ao titular da pasta e deputado federal licenciado, Floriano Pesaro (PSDB). Na época, Renatinho Se Ligue (1º esq) e Rodrigo Siqueira, informaram ao representante do governo estadual (centro) que o espaço onde deveria funcionar o CCI encontra-se fechado desde outubro de 2016 por problemas estruturais. O convênio pode ser assinado, na semana que vem.

A oficialização da verba estadual para assegurar a restauração da sede do CCI pela municipalidade foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOE-SP), na terça-feira, dia 27. De acordo com o secretário municipal, Rodrigo Siqueira, a voltas das atividades do CCI poderá beneficiar mais de 400 idosos de um universo de pouco mais de sete mil pessoas acima de 60 anos na cidade, segundo o último censo populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2017, o atendimento básico a esse segmento da população local ficou restrito aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) espalhados pela cidade. Já Renatinho disse que  a meta será atender em média 40 idosos por dia na sede reformada no interior do Parque Municipal Nosso Recanto. No local, eles vão receber alimentação, atendimento psicológico, fazer atividades físicas, participar de oficinas culturais e palestras.

                                               Gratuidade

Essa não é primeira bandeira que o vereador levanta em prol das pessoas acima de 60 anos na cidade. Na realidade, Renatinho Se Ligue também apoia e luta para a gratuidade do transporte público para o segmento com idade igual ou superior a 60 anos, de acordo com o Estatuto do Idoso, porém, a medida depende de um projeto de lei de autoria do Poder Executivo. Em contrapartida, no Brasil, a Constituição de 1988 garante transporte livre para idosos com 65 anos ou mais.

Por Pedro Ferreira e assessoria do vereador, em 28/03/2018.