Vereadores tomam posse em conselho municipal

Vereadores tomam posse em conselho municipal

A nova diretoria (foto-divulgação) do Conselho das Cidades de Ferraz de Vasconcelos tomou posse na quarta-feira, dia 21, no Palácio da Uva Itália, na Vila Romanópolis. A solenidade contou com a presença do prefeito José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta, de secretários municipais, dos vereadores Claudio Ramos Moreira (PT),  Alexandre Barboza dos Santos (PDT), o Professor Xandão, respectivamente, titulares e Eliel de Souza (PR) suplente no colegiado. O outro reserva no órgão, Hodirlei Martins Pereira (PPS), o Mineiro, não pôde comparecer por motivo superior.

Os 14 titulares e sete suplentes atuarão na gestão 2018/2019 com a finalidade de estudar e propor as diretrizes para a formulação e implantação de políticas públicas na cidade, bem como acompanhar e avaliar sua execução, conforme dispõe o Estatuto das Cidades. Além disso, a revisão do Plano Diretor Participativo exige a participação dos integrantes do referido colegiado, que acompanhará todo o processo de possíveis correções, garantindo junto a Prefeitura Municipal a presença de representantes da sociedade em geral na tomada de decisões, avaliação de estudos e proposta de projetos.

Na prática, o citado conselho é formado por representantes de movimentos populares, sociedade civil, entidades de classe, representantes do Legislativo, técnicos municipais e representantes de entidades não governamentais. A eleição dos conselheiros foi promovida em janeiro deste ano. Em seu discurso, Zé Biruta ressaltou o desafio que será atuar no Conselho em Ferraz. “Hoje é tudo bonito, mas a responsabilidade de vocês é grande. Vocês agora fazem parte da minha equipe, ajudarão a administrar a cidade e discutir prioridades, principalmente, no que diz respeito a políticas relacionadas à moradia”, destacou o chefe do Executivo.

Já o secretário de Obras, Planejamento Urbano, Saneamento, Verde, Meio Ambiente e Habitação, Antônio Carlos dos Santos Ferreira, o Carlinhos falou sobre a importância do Conselho no Plano Diretor. “A criação do Conselho é a espinha dorsal do Plano Diretor, como determinado por lei. Este órgão vai nos ajudar a tornar Ferraz uma cidade melhor, mais organizada e ainda como pediu o nosso prefeito Zé Biruta, nos ajudará a incluir a sociedade civil nas decisões da Prefeitura”, finalizou Ferreira. Para o vereador e defensor assíduo do trabalho de conselhos de um modo geral, na cidade, Claudio Ramos, o órgão é de suma importância para propor políticas públicas.

Por Pedro Ferreira e assessoria do Poder  Executivo, em 22/03/2018.

Compartilhe nas Redes Sociais:
Fechar Menu