You are currently viewing Professor Pedro quer prazo para a instalação de esgoto

Professor Pedro quer prazo para a instalação de esgoto

A luta de moradores na Vila Cristina e no Jardim das Flores, em Ferraz de Vasconcelos, por saneamento básico, notadamente, pela instalação de rede coletora de esgoto arrasta-se há anos e, na segunda-feira, dia 23, a justa reivindicação daquelas comunidades ganhou mais um capítulo. Na realidade, o vereador Pedro Paulo de Almeida (PR), o Professor Pedro (foto) apresentou um requerimento a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Na prática, o parlamentar solicita em caráter de urgência quando a renomada empresa vai contemplar os habitantes da Vila Cristina e do Jardim das Flores com a rede coletora de esgoto. Segundo ele, a falta de infraestrutura básica obriga os munícipes a conviverem com o esgoto a céu aberto, isto é, pelas ruas e calçadas, o que só contribui para aumentar o risco de contrair algum tipo de doença contagiosa. Ainda, na opinião dele, trata-se de uma coisa inaceitável em pleno século da modernidade.

No começo deste mês, em parceria com o colega de bancada na Casa, Eliel de Souza, o Eliel Fox, o vereador Professor Pedro reuniu-se com a cúpula regional da Sabesp, em Suzano. Na ocasião, além de pedir mais qualidade no serviço de fechamento de tapa-valas na cidade por firma terceirizada, a dupla também realçou a necessidade da construção emergencial de uma rede coletora de esgoto na Vila Cristina e no Jardim das Flores, onde residem inúmeras famílias trabalhadoras. Hoje, os dois bairros dispõem a muito custo apenas de água encanada.

Em resposta, representantes da Sabesp disseram que as obras estão dentro do cronograma de serviços no município, porém, não adiantaram nenhum dado a mais. Responsável por ajudar no mutirão que possibilitou ligações de água e de iluminação pública, no Jardim das Flores, o vereador Luiz Fabio Alves da Silva (PMDB), o Fabinho propôs agendar uma reunião com o gerente regional da empresa e amigo engenheiro Eduardo Camargo Afonso para tratar sobre o assunto e de mais investimentos na cidade. A audiência está sendo articulada pela Câmara Municipal.

Além do Professor Pedro e Fabinho, também usaram a tribuna para manifestar apoio à batalha dos moradores da Vila Cristina e do Jardim Flores, o presidente da Casa, Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha e Ezequias Felippe Rodrigues (PCdoB), o Vai Chover. Para Inha, os munícipes não podem mais esperar por uma obra tão básica. Já Vai Chover acrescentou que a cidade de Ferraz de Vasconcelos vive como um todo um verdadeiro caos. O vereador Claudio Roberto Squizato (PSB) também criticou a ausência de rede de esgoto nos dois bairros.

Por Pedro Ferreira, em 25/10/2017.