You are currently viewing Pacientes ficam sem cilindros de oxigênio e temem pela vida

Pacientes ficam sem cilindros de oxigênio e temem pela vida

Além de denunciar com bastante frequência a situação agonizante do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Ferraz de Vasconcelos, o vereador Claudio Roberto Squizato (PSB) volta a expor outro problema também muito preocupante relacionado à falta de cilindros de oxigênio a pacientes na cidade. Por conta da gravidade do assunto, ele (foto) apresentou um requerimento na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 19.

No questionamento, Claudio Squizato cobra quando será feita a contratação de uma nova empresa fornecedora ou a renovação do contrato vencido há pouco mais de 30 dias e os quais os valores celebrados entre a Prefeitura Municipal e a empresa White Martins. Além disso, o vereador quer saber qual o período de vigência do acordo lavrado e se não existe previsão de renovação automática por igual tempo. Para ele, esse impasse está tirando o sono de pacientes que necessitam de cilindros de oxigênio.

O número exato de pessoas nessas condições na cidade é uma incógnita, mas Squizato estima a existência de centenas delas que passam por problemas respiratórios e, portanto, dependem de uso contínuo do produto para manter-se até mesmos vivos. “Trata-se de um serviço essencial de saúde e a municipalidade deve assegurar o repasse de tambores de oxigênio a pacientes até perdurar o tratamento. Em geral, são medidas que obedecem a recomendações médicas e não podem ser interrompidas”, diz.

Para Squizato, é inacreditável que o governo municipal deixou acabar o contrato com a empresa fornecedora e agora corre atrás do prejuízo tendo em vista que a ausência de cilindros de oxigênio pode levar o paciente à própria morte. “Na realidade, falta prioridade da atual gestão para resolver esse gravíssimo problema. Em resumo, a Prefeitura Municipal tem de apressar o processo de licitação”, finaliza Claudio Squizato.

O tema exposto pelo socialista recebeu a solidariedade dos colegas Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox, Agílio Nicolas Ribeiro David (PSB), Hodirlei Martins Pereira (PPS), o Mineiro, Antonio Marcos Atanazio (PMDB), o Marcos BR, Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se Ligue e de Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha. Para eles, o Poder Executivo precisa restabelecer o fornecimento do equipamento o mais rápido possível.

Por Pedro Ferreira, em 21/06/2017.