You are currently viewing Buraqueira irrita moradores e recebe críticas de vereadores

Buraqueira irrita moradores e recebe críticas de vereadores

 O primeiro semestre está aproximando-se do seu final e a apesar da existência de buraqueira em quase todas as vias públicas como, por exemplo, na Rua Bernadete (foto), na Vila do Americano, a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos ainda não realizou nenhuma operação tapa-buraco na grande impacto na cidade. Além disso, no início deste ano, a municipalidade anunciou a intenção de abrir um processo licitatório para contratar uma empresa especializada, mas até agora a medida não saiu do papel. Com isso, só aumenta a revolta de moradores e de motoristas em geral.

Por sua vez, como a cada dia que passa Ruas e Avenidas estão ficando intransitáveis, principalmente, as localizadas em bairros da periferia podendo, portanto, ser simbolizadas na figura da Avenida Maria Caetano de Abreu (foto), no Cambiri, a Câmara Municipal aprovou um requerimento na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 5. No documento, o Legislativo questiona o governo municipal se já houve para a compra de materiais para o fechamento de buracos e em caso positivo qual foi à empresa vencedora para fazer a manutenção de vias públicas no município.

 No pedido de autoria do vereador Antonio Marcos Atanazio (PMDB), o Marcos BR, a Casa indaga ainda sobre o valor da aquisição de materiais, os nomes das demais participantes da licitação e qual o prazo estabelecido para que os produtos sejam entregues. Segundo Marcos BR, na condição de representante da sociedade ferrazense, assim como, o restante dos vereadores é cobrado todos os dias por munícipes que reclamam a presença de buracos na cidade, no entanto, não tem o que responder aos interessados.

Por isso, como a atual administração já está prestes a completar os seus primeiros seis meses passou da hora de o prefeito, José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta começar de uma vez por todas o processo de manutenção de Ruas e Avenidas. “Seguramente, a maior crítica do morador, hoje, se refere ao fato de a cidade ter as suas vias públicas quase todas esburacadas e, ao mesmo tempo, contribuírem para aumentar os riscos de acidente”, diz Marcos BR (foto). De um modo geral, o restante dos parlamentares também discorda da morosidade da municipalidade neste quesito.

Por Pedro Ferreira, em 08/06/2017.