You are currently viewing Renatinho Se Ligue encontra defeitos na estrutura de escolas

Renatinho Se Ligue encontra defeitos na estrutura de escolas

Com agenda propositiva voltada especificamente para a área da educação, o vereador Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se Ligue (foto) visitou nesta semana escolas de Ferraz de Vasconcelos para averiguar a situação em que os prédios se encontram, além de acompanhar de perto a rotina desses espaços. Na ocasião, ele vistoriou a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Thomaz Rodrigues Alckmin, no Núcleo Itaim e o Centro de Educação Infantil (CEI) Francisco Faria de Souza, no Jardim Rosana.

Segundo Renatinho Se Ligue, nessas duas unidades o que chamou mais a sua atenção é a precariedade no que diz respeito à estrutura física, ou seja, rachaduras, vazamentos e falta de conclusão das obras. No CEI Francisco Faria de Souza, o telhado encontra-se quebrado, fazendo com que haja vazamento dentro das salas de aula em períodos chuvosos, prejudicando os trabalhos da escola. Já na Thomaz Rodrigues Alckmin está repleta de rachaduras que comprometem a estrutura física, preocupando assim os pais dos alunos, que temem um acidente grave.

Por sua vez, como foram inauguradas há menos de cinco anos, Renatinho Se Ligue lamenta a situação do estado físico delas. Neste caso, ele acredita que essas escolas estão dessa maneira devido à falta de responsabilidade e compromisso das construtoras contratadas para realizar as obras e a falta de fiscalização do Poder Executivo. O vereador também cita a má qualidade dos materiais utilizados na construção.

“Na verdade, é um verdadeiro absurdo que a população tenha que pagar por um erro que custou milhões aos cofres públicos. Vamos cobrar a Prefeitura da cidade, as construtoras e os engenheiros responsáveis por essa obra, que terão que prestar contas desses serviços pessimamente executados”, ressalta Renatinho. A fiscalização se dará por meio de requerimentos e indicações. Afinal de contas, o mal estado de conservação das duas escolas municipais preocupa, de fato, milhares de ferrazenses.

Por Pedro Ferreira, em 02/06/2017.