You are currently viewing Projeto institui o Dia dos Desbravadores em calendário

Projeto institui o Dia dos Desbravadores em calendário

Ferraz de Vasconcelos terá o Dia dos Desbravadores a ser comemorado anualmente em 20 de setembro. A data que fará parte do calendário oficial de festividades do município é fruto do projeto de lei aprovado em primeiro turno, na segunda-feira, dia 29. A homenagem aos desbravadores locais (foto) é do vereador Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox. O texto volta à pauta em segunda discussão na próxima segunda, dia 5, a partir das 18h.

Segundo o autor, a criação da data objetiva incentivar as pessoas de todas as faixas etárias que integram clubes dos desbravadores na cidade. Para Eliel Fox, os grupos atuam em conjunto para promover o bem comum da sociedade em geral. Em Ferraz de Vasconcelos, o clube dos desbravadores da Igreja Adventista do Sétimo Dia realiza ações voltadas aos adolescentes de dez a 15 anos sem nenhuma distinção de raça, sexo, religião e de condição financeira. Na cidade, existem o Videira Real, Zuri saday, Leões Dourados e Águas do Kemel.

No fundo, o trabalho social dos pioneiros é pautado nos ensinamentos bíblicos. Os adventistas costumam festejar a data consagrada aos desbravadores no planeta em 20 de setembro. Na atualidade, estima-se a existência de mais 2,3 milhões de adeptos no mundo. No Brasil, muito embora os dados não sejam oficiais calcula-se a presença de quase de 200 mil descobridores. Além de abordar os aspectos físico, mental e espiritual, o trabalho também inclui a orientação sobre saúde e contra as drogas, entre outros.

Para o presidente da Câmara Municipal, Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha, na prática, os desbravadores formam cidadãos e, ao mesmo tempo, salvam vidas. Além dele, também enalteceram a atuação social da organização os parlamentares Luiz Fabio Alves da Silva (PMDB), o Fabinho, Claudio Roberto Squizato (PSB), José Aparecido Nascimento (PT), o Aparecido Marabraz, e Agílio Nicolas Ribeiro David (PSB). De acordo com eles, os participantes têm um legado na cidade.

Por Pedro Ferreira, em 31/05/2017.