You are currently viewing Petistas pedem a reabertura do Centro de Convivência do Idoso

Petistas pedem a reabertura do Centro de Convivência do Idoso

Os vereadores petistas de Ferraz José Aparecido Nascimento, o Aparecido Marabraz (esq) e Claudio Ramos Moreira decidiram solicitar em conjunto a reabertura do Centro de Convivência do Idoso (CCI). O pedido foi aprovado na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 22. O espaço público voltado para o segmento da melhor idade que funcionava no Parque Municipal Dona Assunta, o popular Nosso Recanto, no Jardim Pérola, encontra-se desativado na cidade desde o final do ano passado.

De acordo com Aparecido Marabraz, a volta do equipamento do lazer a descontração visa valorizar o idoso em geral. Ainda, segundo ele, o fechamento do CCI pela gestão anterior e a sua continuação no atual governo representa uma total falta de respeito com o setor. No fundo, com a decisão de desativar o local, a municipalidade demonstra a ausência de prioridade direcionada para o segmento que já deu a sua importância contribuição a sociedade.

Já Claudio Ramos disse que o fim das atividades do CCI, em 2016, acabou deixando os idosos abandonados, ou seja, sem nenhum lugar apropriado para poder trocar experiências e, ao mesmo tempo, relembrar fatos marcantes de sua história. Além disso, ele cobrou a Prefeitura da cidade para que providencie a abertura de uma conta-corrente para o Fundo Municipal do Idoso (FMI) também uma justa reivindicação da categoria. O petista a falta de compromisso do poder público com o segmento.

Também se pronunciaram favorável ao assunto, os vereadores Pedro Paulo de Almeida (PR), o Professor Pedro, Luiz Fabio Alves da Silva (PMDB), o Fabinho e Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha. Para eles, é muito triste observar que a cidade não oferece nada em retribuição a tudo que já fora feito pelo pessoal da melhor idade. Em suma, os idosos precisam de carinho e atenção, no entanto, o governo municipal simplesmente os deixa a mercê da própria sorte.

Por Pedro Ferreira, em 23/05/2017.