You are currently viewing Vila aguarda a conclusão de rede coletora de esgoto em Rua

Vila aguarda a conclusão de rede coletora de esgoto em Rua

No final de 2015, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) construiu a rede coletora de esgoto na Rua Novo Milênio, na Vila Pereira (foto), mas a obra não contemplou toda a extensão da citada via pública tendo em vista a falta de queda para a Rua, notadamente, num pequeno trecho do lado esquerdo no sentido início-fim. Mesmo assim, desde então, os moradores continuam esperando a conclusão do serviço de infraestrutura.

Na quarta-feira, dia 10, o vereador Claudio Ramos Moreira (PT), o secretário municipal de Obras, Antônio Carlos dos Santos Ferreira, o Carlinhos e representantes da Sabesp e da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) visitaram a Rua Novo Milênio. No local, as autoridades constataram que a destinação final do esgoto estaria dependendo do consentimento de uma empresária autorizando a passagem de dejetos por sua propriedade.

Com isso, o pessoal da Sabesp ficou responsável por negociar uma saída junto à proprietária e depois comunicar a decisão aos moradores da Rua Novo Milênio. Na realidade, a empresa até construiu a rede coletora de esgoto central, porém, justamente, por não poder fazer a ligação com a que passa por dentro da firma particular não consegue colocar para funcionar o sistema de captação de esgoto. Na prática, a Sabesp tem interesse numa solução rápida para caso.

Além de trabalhar pela conclusão da instalação da rede coletora de esgoto na Rua Novo Milênio, o vereador Claudio Ramos luta ainda pela construção de um pouco mais de 300 metros de extensão de rede de água e esgoto para beneficiar cerca de nove famílias residentes na Rua Carlos Alberto Toledo Sampaio, na Vila Cristina.  A mesma comitiva de autoridades (foto) também conheceu a reivindicação de moradores, na quinta-feira, dia 11. A Sabesp prometeu estudar o pedido daquela comunidade.

Por Pedro Ferreira, em 15/05/2017.