You are currently viewing Casas em frente a feiras livres podem ter isenção de imposto

Casas em frente a feiras livres podem ter isenção de imposto

Imóveis localizados em vias públicas onde funcionam feiras livres em Ferraz de Vasconcelos poderão ter isenção total ou de pelo menos 50% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A proposta visa proporcionar uma espécie de compensação por eventuais prejuízos financeiros com a provável desvalorização das casas e dos incômodos causados, entre eles, dificuldade de entrar nas residências, a perda de clientes no comércio, a poluição sonora e o acúmulo de lixo. A sugestão foi feita pelo vereador (foto) Antonio Marcos Atanazio (PMDB), o Marcos BR, na segunda-feira, dia 24.

Segundo ele, se adotada, a medida atenderia a justa reivindicação de moradores afetados com a presença de feiras livres nas portas de suas casas em sua maioria aos finais de semana. Em Ferraz de Vasconcelos, dados de 2013 indicam a existência de dez feiras livres em funcionamento na cidade. As principais delas são realizadas na Avenida Jânio Quadros, no Parque São Francisco e Rua D. João VI, no Jardim Ferrazense, aos sábados e nas Ruas Japão e Sud Minucci, no centro, aos domingos. Marcos BR acredita na elaboração de um projeto de lei com essa finalidade pelo Poder Executivo.

O vereador propôs ainda que o seu setor competente da municipalidade estude a implantação de eco-pontos para facilitar a coleta apropriada de entulhos e de materiais descartáveis na cidade em geral. A iniciativa objetiva contribuir com a limpeza pública e, ao mesmo tempo, com o aspecto visual. Marcos BR também cobra da administração local o trabalho de manutenção e limpeza, assim como, fazer operação cata-treco no campo de futebol, no Conjunto Residencial Presidente Castelo, o popular Raspadão, na região da Vila Santo Antônio. Para ele, o entorno do estádio está em situação precária.

Por último, Marcos BR pediu a instalação de uma academia ao ar livre, na Praça Luiz Carlos Kirckovics situada entre as Mercedes Rodrigues e Mario Junqueira, no Jardim TV. A colocação do equipamento público é um apelo da comunidade que não dispõe de nenhuma área de lazer no bairro. Além disso, comprovadamente, a academia ao ar livre também incentiva à prática de atividades físicas e, portanto, serve como um verdadeiro instrumento para combater o sedentarismo e, com isso, permitir mais qualidade vida ao cidadão.

Por Pedro Ferreira, em 26/04/2017.