You are currently viewing Vereador pede o arquivamento de semana contra às drogas

Vereador pede o arquivamento de semana contra às drogas

Ao saber de que já existe uma lei de 2013 versando sobre o assunto, em Ferraz de Vasconcelos, o vereador José Aparecido Nascimento (PT), o Aparecido Marabraz (foto) pediu o imediato arquivamento do projeto de lei de sua autoria que criava a semana municipal de prevenção ao uso de álcool, tabaco e de outras drogas. A retirada do texto do petista aconteceu minutos antes da votação em primeira discussão, na segunda-feira, dia 17.

De acordo com a matéria, a semana preventiva seria criada no período que antecedesse ao dia 26 de junho de cada ano, isto é, na data internacional alusiva ao combate ao consumo de bebidas alcoólicas, de cigarro e de outras drogas nocivas a saúde humana instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU). Além de alertar, sobretudo, a juventude sobre os perigos pertinentes, o texto também visava valorizar o trabalho de entidades que atuam no setor.

Durante a semana municipal de prevenção ao uso de álcool, tabaco e de outras drogas as escolas públicas e privadas poderiam realizar atividades como, por exemplo, palestras, seminários e apresentações artísticas relativas aos temas. Com isso, os estudantes e educadores se tornarão agentes multiplicadores do enfrentamento ao consumo de drogas lícitas e ilegais abordando, principalmente, os malefícios causados por essas dependências.

A então campanha também abrangeria a participação de órgãos da administração pública direta e indireta. O evento faria ainda parte do calendário oficial de festividades do município. O texto facultava os departamentos, empresas, entidades públicas e particulares patrocinarem os trabalhos preventivos. Uma das formas de ajudar seria custeando os prêmios. A matéria previa inclusive que os apoiadores poderiam receber dedução tributária. “Em todo caso, a indústria das drogas precisa ser desafiada”, diz o autor.

Por Pedro Ferreira, em 18/04/2017.