You are currently viewing Plano Diretor da cidade fica mesmo para o ano que vem

Plano Diretor da cidade fica mesmo para o ano que vem

Com o pedido de pedido de vista por 15 dias aprovado por nove votos a cinco, a votação do projeto de lei complementar que dispõe sobre a atualização do Plano Diretor de Ferraz de Vasconcelos (foto), na prática, ficou mesmo para o ano que vem. A discussão da matéria do Poder Executivo ocorreu na penúltima sessão ordinária deste ano, na segunda-feira, dia 12. A proposta define o futuro da cidade nos próximos dez anos.

Para o presidente da Casa, Roberto Antunes de Souza (SD) contrário à solicitação de adiamento pelo vereador Juracy Ferreira da Silva (PMDB), aprovar o texto como ele está poderia representar um retrocesso. Também favorável a uma definição agora da proposta Luiz Fábio Alves da Silva (PMDB), o Fabinho disse que o projeto estimula a especulação imobiliária e a cidade não comporta.

Já Juracy Ferreira afirmou que o Plano Diretor é uma medida boa, mas deixar a sua aprovação para 2017 não vai atrasar em nada a situação do município. O mesmo tipo de pensamento tem Antonio Carlos Alves Correia (PPS), o Tonho. Para ele, o texto mexe com a cidade e, neste caso, não pode ser apreciado às pressas. Aurélio Costa de Oliveira (PPS), o Aurélio Alegrete destacou que o impacto da especulação imobiliária.

A vereadora Ana Acilda Alves da Silva (PV), a Ana do PV acredita que o texto precisa ser mais debatido e, por isso, concordou com o adiamento da votação. Willians Santos (PTB), o Willians do Gás também aceitou o pedido de vista, porém, criticou a falta de compromisso de gestores. Clenilson Lima Dias (PSDB), o Quequê e Claudio Ramos Moreira (PT) disseram que é necessário pensar na cidade em geral.

Por Pedro Ferreira.