You are currently viewing Plano Diretor terá nova audiência pública no dia 29

Plano Diretor terá nova audiência pública no dia 29

vereadores-decidem-marcar-nova-audiencia-sobre-o-plano-diretorO projeto de lei complementar nº 064/2016 que dispõe a revisão do Plano Diretor de Ferraz de Vasconcelos será submetido a uma nova audiência pública no próximo dia 29, às 10h, na Câmara Municipal, no centro. A decisão foi acordada durante reunião de um grupo de vereadores (foto) na manhã desta sexta-feira, dia 18. A primeira audiência pública para debater o texto do Poder Executivo ocorreu no dia 9 deste mês.

Para os vereadores, a atualização do Plano Diretor da cidade elaborado em parceria entre a Prefeitura Municipal e a Fundação de Estudos e Pesquisas Aquáticas (Fundespa), subordinada ao Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP) é uma proposta necessária, porém, precisa ser estudada de maneira aprofundada antes de ir à votação em plenário. Um dos itens que mais preocupa os parlamentares diz respeito à construção de prédios verticais, sobretudo, na região central.

Na opinião deles, Ferraz de Vasconcelos não comporta mais a edificação de moradias voltadas para atender apenas a demanda do mercado imobiliário, isto é, a especulação. Na prática, com o chamado “inchaço populacional”, a oferta de equipamentos públicos, tais como: postos de saúde, escolas, creches, transporte público segurança e mobilidade urbana fica insuficiente, o que só contribui para agravar ainda mais a atual situação já vivida por inúmeras famílias.

Por isso, eles acham que a municipalidade tem de agir com mais rigor na hora de autorizar a construção de apartamentos privados e não como aconteceu, por exemplo, com o Floriano Condomínio Clube, na Vila Romanópolis e Atrium Residencial Clube, no Parque Imperial, no Cambiri. Em geral, estima-se o lançamento de mais de dez mil apartamentos particulares em curso na cidade. Em compensação, o governo local não demonstra o mesmo tipo de interesse em construir casas para moradores em áreas de risco.

Por Pedro Ferreira.