You are currently viewing Comissão termina coleta de provas do processo contra Filló

Comissão termina coleta de provas do processo contra Filló

Comissão Processante mantém apuração contra prefeito afastadoDepois de três tentativas frustradas para ouvir o depoimento pessoal do prefeito afastado de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló dos Santos (sem partido), o Acir Filló, a Comissão Processante (CP) da Câmara Municipal (foto) aberta para apurar suposta irregularidade na contratação da empresa de telemarketing Fala Ferraz, em 2013, decidiu finalizar a etapa de instrução processual nesta terça-feira, dia 14, quando estava agendado o comparecimento do acusado, porém, ele alegou que faria exames médicos e, portanto, só poderia ir prestar esclarecimentos ao colegiado na próxima sexta-feira, dia 17, às 14h.

Entretanto, a comissão indeferiu, por unanimidade, a argumentação apresentada pelo advogado do prefeito afastado pela justiça, Thiago Silva Machado por já ter ofertado ao imputado do possível crime de infração político-administrativa o direito ao princípio da ampla, ao contraditório e ao devido processo legal, ou seja, considerou o novo pedido de adiamento da audiência como uma ação protelatória. Além disso, o colegiado entende que Acir Filló não vem aproveitando as oportunidades facultadas para providenciar, de fato, a sua defesa no processo em curso. Além de marcar três depoimentos pessoais, a comissão também concedeu prazo para que o acusado desse a sua versão por escrito.

Para o presidente do colegiado, vereador Luiz Fábio Alves da Silva (PMDB), o Fabinho, o prefeito afastado terá ainda mais duas chances para fazer a sua defesa nos autos. A primeira ocorre agora na fase das alegações finais e a segunda na sessão de julgamento a ser marcada, provavelmente, para o dia 28 do corrente quando poderá usar a Tribuna da Casa por 2h. Aliás, o próximo passo da comissão, isto é, solicitar o envio das razões derradeiras por Acir Filló deve acontecer nos próximos dias. Com isso, o acusado terá um prazo de cinco dias úteis contados a partir da notificação do seu procurador. Decorrido esse tempo, com ou sem as alegações finais, o relator Aurélio Costa de Oliveira (PPS), o Aurélio Alegrete emitirá o seu parecer conclusivo.

Prefeito afastado de Ferraz, Acir Filló (sem partido)Neste caso, o relator poderá recomendar ao plenário a cassação definitiva do mandato do prefeito afastado ou o arquivamento da denúncia formulada pelo vereador, Antonio Carlos Alves Correia (PPS), o Tonho. Para determinar a perda do cargo, o parecer final vai precisar de, no mínimo, 12 votos favoráveis dos 17 vereadores.  Caso se confirme a anulação do exercício do mandato como punição, além de deixar a chefia do Poder Executivo ferrazense, o prefeito afastado (foto) ficará inelegível por oito anos. O prazo final para o julgamento do processo termina no dia 06 de julho próximo. Além de Fabinho e de Aurélio Alegrete, faz parte ainda do colegiado, o membro Luiz Tenório de Melo.

Por Pedro Ferreira.