You are currently viewing Câmara discute a LDO de 2017 em audiência pública

Câmara discute a LDO de 2017 em audiência pública

Vereador Quequê (PSDB), presidente da CPOFC da CâmaraA Comissão Permanente de Orçamento, Finanças e Contabilidade (CPOFC) da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos promove audiência pública para avaliar o projeto de lei nº170/2016 que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do município para o ano que vem. A reunião ocorre nesta terça-feira, dia 14, às 9h, na Avenida D. Pedro II, 234, no centro. O encontro será coordenado pelo presidente da comissão, vereador (foto) Clenilson Lima Dias (PSDB), o Quequê.

De autoria do Poder Executivo, o texto tramita na Casa desde o final do abril do corrente. Depois de passar pela audiência pública, a matéria ficará pronta para ser votada pelo plenário até o final deste mês. O assunto será detalhado pelo titular da Fazenda, Michael Campos. Na prática, a LDO é uma preparação da Lei Orçamentária Anual (LOA) que será encaminhada a Câmara Municipal, em setembro. O projeto também será submetido à audiência pública antes de ser voltado.

Em 2017, a administração da cidade estima obter uma arrecadação de R$306,5 milhões, contra R$281,8 milhões para este ano. Na realidade, neste último caso, trata-se de uma nova projeção, já que, inicialmente, o governo municipal calculava conseguir uma receita de R$312,7 milhões, em 2016. A nova estimativa leva em consideração o forte impacto nas contas da municipalidade devido a forte crise econômica porque passa o País, em geral.

Vereador Tonho (PPS), presidente da CPSECLT da CâmaraAlém disso, a Comissão Permanente de Saúde, Educação, Cultura, Lazer e Turismo (CPSECLT) realiza audiência pública para analisar a aplicação de recursos na área no primeiro quadrimestre deste ano. O evento ocorre na próxima quarta-feira, dia 15, às 9h. Os trabalhos deverão ser conduzidos pelo presidente do colegiado, vereador (foto) Antonio Carlos Alves Correia (PPS), o Tonho. Já o conteúdo da reunião fica por conta  do secretário municipal da Saúde, Ricardo Zapata.

Por Pedro Ferreira.