You are currently viewing Comissão ouve testemunhas de ação contra prefeito afastado

Comissão ouve testemunhas de ação contra prefeito afastado

Comissão Processante, presidente Fabinho (centro), relator Alegrete (1º esq) e membro Luiz TenórioA Comissão Processante (CP) da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos (foto) criada para apurar suposta irregularidade na contratação da empresa de call Fala Ferraz, em 2013, pelo prefeito afastado, Acir Filló dos Santos (sem partido), o Acir Filló, ouviu os depoimentos de quatro testemunhas do processo nesta segunda-feira, dia 23. Na semana passada, o ex-pregoeiro da municipalidade, Ériton Rodrigues da Silva prestou esclarecimentos sobre o assunto.

Hoje (23) depuseram o ex-secretário municipal da Juventude, Esporte e Lazer e despachante, Marcos Antonio Atanázio, o atual secretário municipal da Fazenda, Michael Campos Cunha, o ex-diretor de Compras do Poder Executivo, Edson de Souza Lopes e a tesoureira da Prefeitura Municipal, Maria Eulália Peres. Além disso, a comissão ouviria a dona da Fala Ferraz, Tamires de Brito Souza, porém, a empresária não compareceu para dá a sua versão sobre o caso.

Integrante da lista de seis testemunhas indicadas pela própria comissão, o depoimento dela estava sendo aguardado com muita expectativa. Para não atrapalhar as oitivas arroladas pelo prefeito afastado nesta terça-feira, dia 24, a comissão decidiu dispensar os possíveis esclarecimentos da empresária. Com isso, o grupo investigatório levará em consideração na hora de elaborar o seu relatório final as provas documentais já contidas no processo.

Para esta terça-feira, estão marcados os depoimentos de Amanda Giuliani Rosa, às 9h, de Marcelo Petegrosso Pereira, às 9h30, de Rita Francine de Oliveira, às 10h, de José Araújo Costa, às 10h30, de Francisca Henrique de Oliveira, às 11h, de Valdívio Ezequiel Nascimento, às 11h30 e de Fabíola Borges Leal, às 12h. O senhor Itamar Alves dos Santos também deporia, às 12h30, mas, como não foi encontrado no endereço indicado, a sua presença é incerta.

Por Pedro Ferreira.