You are currently viewing Vereadores denunciam onda de roubos e furtos na cidade

Vereadores denunciam onda de roubos e furtos na cidade

Vereador Tonho (PPS) denuncia onda de assaltos na periferiaA falta de segurança pública, principalmente, nos bairros das Vilas Santa Margarida, Jurema e Arbame, dos Jardins Luiz Mauro e Soeiro e da Fazenda Itajuíbe, em Ferraz de Vasconcelos, dominou a maior parte do expediente da sessão ordinária da Câmara Municipal, na segunda-feira, dia 25. Na ocasião, o plenário aprovou, por unanimidade, um requerimento dos vereadores (foto) Antonio Carlos Alves Correia (PPS), o Tonho e Aurélio Costa de Oliveira (PPS), o Aurélio Alegrete cobrando reforço do policiamento ostensivo a Polícia Militar. O texto também foi assinado pela maioria da Casa.

Para Tonho, trata-se de um assunto recorrente na cidade, porém, apesar de apelos do Poder Legislativo  pouca coisa está sendo feita para coibir a onda de crimes, tais como, roubos e furtos no município. Segundo ele, nas localidades citadas acima, meliantes usando moto estão assaltando trabalhadores a qualquer hora do dia ou da noite. Ainda, de acordo com o vereador, a bandidagem não perdoa nem a comida de operários, já que marmitas são levadas com bastante frequência. “Na verdade, a nossa cidade está abandonada e, sobretudo, a região da periferia”, diz Tonho. Ele criticou também o baixo efetivo da PM e a falta de equipamentos da Guarda Civil.

O vereador Luiz Fábio Alves da Silva (PMDB), o Fabinho acrescentou que a Câmara Municipal tem feito a sua parte exigindo providências as autoridades competentes, no entanto, a criminalidade continua galopante na cidade. Por isso, Fabinho propôs que a Casa volte a chamar a cúpula das polícias para discutir o tema, em breve. Por sua vez, Luiz Tenório de Melo (PR) afirmou que a comunidade clama por mais segurança pública, contudo, não está sendo ouvida, o que um caso lamentável. O parlamentar condenou a escuridão no município que facilita a ação de bandidos. Para Aurélio Alegrete, a cidade vive um momento difícil que precisa ser enfrentado.

Aurélio Alegrete (PPS) diz que falta gestão eficienteSegundo ele (foto), o enfraquecimento da Guarda Civil Municipal é um sinal visível da ausência de uma gestão eficiente. Willians Santos (PTB), o Willians do Gás garantiu que a bandidagem está ousada. Ele acusou o governo estadual de omisso por não cuidar da segurança pública. Foi à tribuna para falar sobre o assunto os vereadores Cícero Rodrigues da Silva (PTB), o Cícero do Gás, Claudio Ramos Moreira (PT), Roberto Antunes de Souza (SDD), Clenilson Lima Dias (PSDB), o Quequê e Juracy Ferreira da Silva (PMDB). Para eles, o tema precisa ser tratado como prioridade pelas autoridades competentes.

Por Pedro Ferreira.