You are currently viewing Prestadoras de serviços são convidadas para prestar esclarecimentos

Prestadoras de serviços são convidadas para prestar esclarecimentos

Vereador Tonho (sem partido) autor de denúncia contra o prefeito afastadoPossíveis falhas apontadas por munícipes na loja atendimento, no centro, e na prestação de serviços em geral pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em Ferraz de Vasconcelos devem ser discutidas entre vereadores e representantes da empresa no próximo dia 29, às 15h, no Legislativo. A reunião foi proposta por meio de um requerimento aprovado, na segunda-feira, dia 14, de autoria do vereador (foto) Antonio Carlos Alves Correia (sem partido), o Tonho.

Já no dia 05 de abril, às 15h, será a vez de responsáveis pela operadora Vivo comparecerem a Câmara Municipal para prestar os devidos esclarecimentos, sobretudo, em relação aos problemas relacionados ao serviço de internet na cidade. Segundo Tonho, a empresa dona do monopólio da telefonia fixa no Estado de São Paulo comercializa o seu pacote de serviços, no entanto, na maioria das vezes deixa o cliente na mão, ou seja, oferece acesso precário a rede mundial de computadores.

No dia 12 de abril, às 15h, deve ocorreu audiência com representantes da empresa concessionária de energia Bandeirante. Na pauta, demora no atendimento na loja, na região central da cidade, assim como, tratar sobre a incidência de raios que está afetando a rede de distribuição de energia elétrica, entre outros, assuntos de interesse da comunidade. Para Tonho, a queda de raios atinge os relógios, que, por sua vez, apresentam diferenças, supostamente, para baixo no consumo.

Com isso, a empresa Bandeirante acha que o cliente está fraudando o consumo e, neste caso, quer puni-lo com uma multa de R$6 mil, porém, não se trata de uma situação proposital por parte do usuário e, sim, um ato involuntário e, portanto, o morador não deve ser responsabilizado. “Mesmo assim, tenho conhecimento de que alguns munícipes foram obrigados a pagar por algo indevido. Por isso, vamos aproveitar essa reunião com o pessoal da Bandeirante para cobrarmos esclarecimentos”, diz Tonho.

Por Pedro Ferreira.