You are currently viewing Limpeza de praça na Vila Joana D’arc começa na 3ª feira, diz prefeito

Limpeza de praça na Vila Joana D’arc começa na 3ª feira, diz prefeito

Agachados prefeito, Izidro Neto (esq) e vereador Claudio Ramos (PT) com alunos do CJ AngelinaEm visita ao Centro de Juventude (CJ) Jesus e Maria, no Jardim Angelina, na manhã desta quinta-feira, dia 17, o prefeito em exercício de Ferraz de Vasconcelos, José Izidro Neto (PMDB) se comprometeu a iniciar a limpeza de praça pública na Rua Geni Gomes, na Vila Joana D’arc, a partir da próxima terça-feira, dia 22. A conservação do espaço público é uma antiga reivindicação da comunidade. A ida do prefeito ao local foi articulada pelo vereador, Claudio Ramos Moreira (PT).

No CJ Jesus e Maria administrado pelo Serviço Promocional Nossa Senhora Aparecida, Izidro Neto conversou, rapidamente, com um grupo de estudantes e educadores. No encontro, os alunos pediram ainda que além de fazer a manutenção da praça situada na Rua Geni Gomes, o ideal seria a Prefeitura Municipal providenciar a instalação de brinquedos e de uma academia ao ar livre, já que, trata-se da única área de lazer disponível para os moradores.

A propósito, havia três anos, o próprio pessoal do CJ Jesus e Maria tenta colocar em prática o projeto Família na Praça permitindo que a comunidade adote a praça pública. Idealizada pela professora Maria do Socorro Santana, a iniciativa espera apenas o apoio da municipalidade para sair do papel. Além disso, o prefeito em exercício afirmou que irá desencadear operação tapa-buraco no bairro, tendo em vista, que, no momento, a prioridade é o fechamento em ruas e avenidas por onde circulam ônibus e caminhões.

Vereador Claudio Ramos (PT) vistoriando reconstrução de ponte na Vila Joana D'arcDepois de acompanhar a visita de Izidro Neto ao CJ Jesus e Maria, o vereador (foto) Claudio Ramos vistoriou as obras de reconstrução de uma ponte ligando a Travessa das Palmeiras a Estrada dos Bandeirantes. A passagem é de suma importância para o cotidiano da comunidade. A ponte foi destruída em razão das fortes chuvas registradas nos últimos meses. “Como não poderiam chegar a Estrada dos Bandeirantes para pegar ônibus ou até mesmo ir à escola muita gente estava sofrendo”, finaliza o vereador.

Por Pedro Ferreira.