You are currently viewing Vereadores vão discutir o atendimento bancário com gerentes

Vereadores vão discutir o atendimento bancário com gerentes

Vereador Tonho (sem partido) quer debater atendimento bancárioO atendimento bancário em Ferraz de Vasconcelos será tema de uma reunião entre vereadores e gerentes na quinta-feira, dia 03, às 11h, na Casa.  No encontro, os parlamentares querem saber, sobretudo, como anda o cumprimento a lei  nº 2.682, de 20 de dezembro de 2005, que fixa o tempo máximo de espera dos clientes na fila. A audiência foi proposta pelo vereador (foto) Antonio Carlos Alves Correia (sem partido), o Tonho.

Segundo ele, a norma local prevê a obrigatoriedade de agências bancárias e demais estabelecimentos de crédito colocar à disposição de seus usuários pessoal suficiente nos caixas para, com isso, prestar um atendimento digno e eficaz, porém, parece que pelo visto essa determinação legal não está sendo cumprida como deveria. Enfim, muitos munícipes reclamam de demora no atendimento na maioria dos bancos.

Além disso, alguns correntistas criticam o fato de aguardarem na fila antes mesmo de adentrar aos bancos. O vereador destaca que pela legislação em vigor, o tempo de espera na fila em dia normal é de 15 minutos, de 25 minutos às vésperas e após feriados e de meia-hora nas datas de pagamentos de servidores públicos. Já entre 10 de dezembro a 10 de janeiro de cada ano o texto prevê uma tolerância de 10 minutos.

Os estabelecimentos bancários também estão obrigados a instalar em local próprio um sistema eletrônico de controle de entrada através do qual será registrado o horário de permanência de usuários na fila. A multa inicial prevista para quem descumprir a lei é de dez Unidades Fiscais do Município (UFMs), hoje, o correspondente a R$875,00 por cada infração cometida. Na reincidência, o valor dobra.

Por Pedro Ferreira.