You are currently viewing Projeto que garante Parada Segura passa em 1ª discussão

Projeto que garante Parada Segura passa em 1ª discussão

Vereador Willians do Gás (PSB) autor do projeto Parada SeguraA Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos aprovou em primeira discussão o projeto de lei que visa facilitar a vida de mulheres que usam o transporte coletivo local. Na prática, o texto prevê que a passageira possa mediante solicitação desembarcar em qualquer lugar fora do ponto de ônibus entre às 21h às 06h da manhã, mas, onde seja permitido o estacionamento no trajeto regular. A votação da matéria denominada de “Parada Segura” do vereador (foto) Willians Santos (PSB), o Willians do Gás ocorreu na segunda-feira, dia 05. A proposta deve ser apreciada em segundo turno nesta quinta-feira, dia 08, a partir das 10h.

Segundo o projeto de lei, a empresa concessionária Radial ficará obrigada a colocar adesivos em local de fácil visualização no espaço interno de todos os ônibus coletivos de linhas municipais deixando claro, com isso, todo o conteúdo da presente lei. Depois de aprovada em duas ocasiões pelo plenário da Casa, a futura norma precisará ainda ser sancionada pelo Poder Executivo. Por sua vez, após ocorrer à publicação do texto, a mudança para beneficiar as mulheres entrará em vigor dentro de 90 dias. Iniciativa semelhante já é uma realidade em cidades como Mogi das Cruzes (SP) e João Pessoa (PB).

Para Willians do Gás, trata-se de um texto muito importante que seguramente vai contribuir para melhorar a sensação de segurança de inúmeras usuárias do transporte coletivo na cidade. “Na realidade, com a determinação a passageira poderá inclusive descer na porta de sua casa desde que a via pública faça parte do trajeto regular da linha de ônibus”, diz. Já o parlamentar Luiz Tenório de Melo (PR) elogiou o colega pela iniciativa, porém, alertou a Prefeitura Municipal para que, de fato, fiscalize o seu cumprimento pela empresa concessionária Radial. O presidente da Casa, Roberto Antunes de Souza (PMDB) disse que será mais um paliativo contra a violência sem limite.

Além disso, o plenário também votou em primeiro turno o projeto de lei propondo a criação do Dia do Médico Veterinário no município. A data que fará parte do calendário oficial de eventos será comemora todos os anos no dia 09 de setembro. A matéria deve ser votada em segunda discussão nesta quinta-feira. De acordo com Willians do Gás, a matéria tem por finalidade acima de tudo incentivar uma reflexão sobre o exercício da medicina veterinária que é uma das muitas áreas do conhecimento ligada à manutenção e a restauração da saúde animal. Em suma, esse profissional trabalha para possibilitar a prevenção, a erradicação, o controle e o tratamento objetivando a cura de doenças em geral, de traumatismos ou de qualquer agravo à saúde animal.

Por Pedro Ferreira.