You are currently viewing Construtora começa a fazer o acabamento de gabinetes

Construtora começa a fazer o acabamento de gabinetes

Futuros gabinetes da Câmara Municipal na Vila RomanópolisCom 40% das obras concluídos, de acordo com a empresa Arcan Construtora, de Mogi das Cruzes, a nova sede própria da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos na Rua Deputado Queiroz Teles, na Vila Romanópolis, vai ganhando um formato parecido com o previsto na planta. O setor, por exemplo, onde ficam os gabinetes dos vereadores (foto) já começou a receber o acabamento na parte interna. Com o ritmo dos serviços está dentro da programação, tudo se encaminha para que as obras sejam, de fato, finalizadas até maio de 2016.

Além disso, a empresa contratada espera no momento terminar o trabalho de fundação do prédio que abrigará um refeitório, uma área de dispensa e um depósito de materiais de uso contínuo para iniciar a construção. Depois, o próximo passo será reforçar as pilastras objetivando o piso superior onde deve ficar o plenário da Casa e posterior auditório. No térreo, funcionará a secretaria-geral, ou seja, os setores de expediente, de protocolo, de Recursos Humanos (RH), de compras, de contabilidade, de almoxarifado e do responsável pela frota.

No mesmo espaço terá ainda o xérox, o arquivo morto, a copa, a recepção, as salas da chefia de gabinete, da procuradoria jurídica, da assessoria de imprensa, da presidência, de reunião e do acervo. Já o estacionamento da frota deverá ser delimitado nas dependências externas do prédio. O grande diferencial da construção é assegurar total acessibilidade ao visitante e, ao mesmo tempo, proporcionar um ambiente de trabalho adequado aos servidores e vereadores em geral. “Trata-se, portanto, de um edifício moderno que vai marcar a história não só do Poder Legislativo, mas, como da cidade como um todo”, diz o presidente Roberto Antunes de Souza (PMDB).

Vereador Roberto de Souza (PMDB) apoia evento no Jardim IoneA obra tão aguardada por todos está orçada em R$3,4 milhões bancados com recursos da própria municipalidade. A luta política pela construção da nova sede definitiva começou, em 2013, pelo então presidente da Câmara Municipal, Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho, que, na realidade, contribuiu para resolver as pendências financeiras entre a Prefeitura da cidade e a empresa concessionária Bandeirante dona do imóvel. Por sua vez, o atual comandante da Casa tem como mérito primordial viabilizar junto ao governo local o início dos trabalhos, no ano passado. “No fundo, continuei o pontapé inicial dado pelo Fabinho”, finaliza (foto) Roberto de Souza. Hoje, a instituição funciona num prédio precário na Avenida D. Pedro II, 234, no centro.

Por Pedro Ferreira.