You are currently viewing Petista propõe a criação de sistema cicloviário e bicicletário

Petista propõe a criação de sistema cicloviário e bicicletário

Vereador Claudio Ramos (PT) quer incentivo ao uso de bicicletaPara incentivar o uso contínuo de bicicleta como um meio de transporte alternativo, o vereador (foto) Claudio Ramos Moreira (PT) decidiu propor a Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos a criação do sistema cicloviário, isto é, de faixas exclusivas, na cidade. O documento foi apresentado na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 1º. Além disso, o petista também quer a implantação de um bicicletário em locais públicos de grande movimentação, sobretudo, na região central do município.

De acordo com Claudio Ramos, infelizmente, a cidade não oferece, hoje, nenhum quilômetro de faixa exclusiva para usuários de bicicleta e, portanto, precisa começar a pensar de maneira firme nessa questão tão importante. Ele cita como exemplos de cidade que estão na vanguarda dessa política de mobilidade urbana, Poá e Mogi das Cruzes, na Região do Alto Tietê e, principalmente, a capital paulista sob o comando do prefeito, Fernando Haddad (PT).

Na prática, a construção de um sistema cicloviário na cidade de Ferraz de Vasconcelos tem por finalidade proporcionar soluções relacionadas à melhoria do trânsito, em geral, no município. No momento, segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP), a frota de veículos na cidade já supera as 50 mil unidades. Com isso, o número de congestionamentos passou a ser uma rotina nos arredores e na região central.

Em contrapartida, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Curitiba o uso de bicicleta como meio de transporte alternativo vem cada vez mais ganhando espaço no cotidiano de moradores. Para tanto, essas cidades criaram políticas públicas para integrar o transporte em duas rodas a sua malha viária. “Além de ser um transporte eficiente, andar de bicicleta também contribui com a saúde do cidadão e com a preservação da natureza por ser um veículo não poluente”, complementa Claudio Ramos.

Por Pedro Ferreira.