You are currently viewing Vereador cobra o número de crianças atendidas em creches

Vereador cobra o número de crianças atendidas em creches

Vereador Edson Cury (PSB) quer saber situação de crechesComo o assunto diz respeito, diretamente, ao interesse público, o vereador Edson Elias Khouri (PSB), o Edson Cury, requereu na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 1º que a Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos seja informada referente à situação de creches, no município. Para ele, os Centros de Educação Infantil (CEIS) são fundamentais para fazer o acolhimento de crianças e, com isso, permitir que os seus pais possam ter tranquilidade para trabalhar fora e trazer o sustento de sua família.

No requerimento, Edson Cury questiona a municipalidade, por exemplo, a cerca do número de creches mantidas pela própria Prefeitura da cidade, a quantidade de alunos e o custo individual de cada estudante atendido. Além disso, o vereador quer saber o percentual de unidades conveniadas, ou seja, que recebem subvenção e de maneira detalhada. “Cobro ainda informação sobre o valor da verba federal ou estadual enviada para o município, no ano passado, investido no setor”, aponta Edson Cury.

Outra preocupação que o socialista espera obter esclarecimento do governo municipal refere-se à cessão de diretores, professores ou de outros servidores públicos para trabalharem em creches conveniadas, assim como, ele indaga se os diretores de unidades parceiras possuem formação pedagógica na área, conforme prevê a legislação em vigor. “Afinal de contas, a direção, o corpo técnico e pedagógico de uma creche não pode ser exercido por pessoas sem experiência no ramo”, atesta Edson Cury.

Agora, o vereador aguarda por resposta oficial da municipalidade, o que pode ocorrer dentro de um prazo de até 15 dias, após o recebimento do requerimento a ser feito nos próximos dias. Além de Edson Cury, o restante dos 16 parlamentares também assinou o documento numa demonstração clara de que tema a interessa a todos de um modo geral e não apenas a uma única autoridade. “Hoje, existe uma demanda muito grande por creche na cidade e, por isso, somos cobrados por moradores”, conclui Edson Cury.

Por Pedro Ferreira.