You are currently viewing Prefeitura confirma a prorrogação da 1ª parcela do IPTU

Prefeitura confirma a prorrogação da 1ª parcela do IPTU

Palácio da Uva Itália na Vila RomanópolisApós sugestão do vereador Walter Marsal Rosa (PROS), o Valtinho do Ipanema, na quarta-feira, dia 22, a Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos (foto) prorrogou para o dia 07 de maio o vencimento da primeira parcela ou da cota única com desconto de 10% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) deste ano. O prazo inicial venceria neste sábado, dia 25. O decreto oficializando o adiamento foi assinado pelo prefeito, Acir Filló dos Santos (PSDB), o Acir Filló, nesta sexta-feira, dia 24.

De acordo com o vereador Valtinho do Ipanema, a decisão ora adotada pela municipalidade ocorreu porque há atraso na entrega dos carnês e, portanto, não seria prudente o contribuinte perder o prazo previsto por uma coisa alheia a sua vontade. O próprio parlamentar afirmou que conhece vários bairros, sobretudo, da periferia que ainda os proprietários não receberam o documento. Por isso, ele achou correta a medida feita pelo Poder Executivo.

Além disso, Valtinho do Ipanema acredita que ao fazer a dilatação do prazo a Prefeitura da cidade não sofre nenhum prejuízo financeiro, já que, o tributo será pago até o próximo dia 07 do mês que vem. “Na realidade, aproveito o momento para em nome de milhares de munícipes fazer um agradecimento especial ao prefeito, Acir Filló e ao secretário municipal da Fazenda, Michael Campos Cunha por atenderem essa justa reivindicação de contribuintes”, diz Valtinho do Ipanema.

Para este ano, o governo municipal está encaminhado pelos Correios mais de 45 mil carnês. Com isso, a administração ferrazense estima que vai arrecadar mais de R$21 milhões com o tributo. Essa expectativa é reforçada pelo fato de a Prefeitura local ter realizado no final ano passado um levantamento fotográfico que constatou diferença da área construída em mais de 11 mil imóveis. Já o dinheiro proveniente do IPTU é investido em obras de infraestrutura.

Por Pedro Ferreira.