Executivo abre licitação para construção da sede da Câmara

Executivo abre licitação para construção da sede da Câmara

Futura sede da Câmara, na RomanópolisA Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos abriu o processo de licitação na modalidade concorrência pública para escolher a empresa que vai realizar a reforma e a ampliação do prédio onde deverá funcionar a sede própria (foto) do Poder Legislativo na Rua Deputado Queiroz Teles, na Vila Romanópolis. De acordo com a administração da cidade, a abertura dos envelopes das firmas interessadas em participar das obras está prevista para ocorrer no dia 22 de abril, às 10h, no Palácio da Uva Itália, na Rua Rui Barbosa, 315, na Vila Romanópolis. Mais informações: (11) 4674-7800.

A construção da sede definitiva da Câmara Municipal vem sendo articulada desde 2013, ou seja, pelo ex-presidente da Casa, vereador Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho e agora pelo atual comandante, Roberto Antunes de Souza (PMDB). Aliás, no momento, o assunto é tratado como uma prioridade, já que, o Poder Legislativo encontra-se, atualmente, funcionando numa instalação alugada na Avenida D. Pedro II, 234, no centro, porém, o espaço não dispõe de estrutura física adequada para possibilitar um atendimento correto a população em geral.

O atual endereço da instituição apresenta problemas relacionados à falta de acessibilidade, de acústica, de tamanho reduzido de gabinetes, assim como, de um plenário acanhado. Em contrapartida, a futura sede própria deverá ser edificada de maneira a contemplar o que existe de mais moderno. “Na atualidade, nós vereadores não temos um lugar apropriado para recebermos o nosso munícipe e, além disso, os nossos funcionários também não contam com condições ideais para desempenhar o seu importante trabalho”, comenta Roberto de Souza.

Vereador RobertoA esperança é que o processo de licitação da empresa vencedora aconteça sem nenhum problema e, com isso, as obras comecem logo após a conclusão da concorrência pública. Na prática, existe uma estimativa preliminar que a sede definitiva seja concluída até março do ano que vem. Para garantir a destinação de recursos para os serviços, a Prefeitura Municipal reservou no orçamento do município deste ano mais de R$2,5 milhões. Para Roberto de Souza (foto), a conquista da sede própria é, acima de tudo, uma demonstração de respeito ao cidadão ferrazense.

Por Pedro Ferreira.