You are currently viewing Socialista questiona dinheiro de cancelamento de carnaval

Socialista questiona dinheiro de cancelamento de carnaval

Vereador Edson Cury (PSD) questiona dinheiro de cancelamento de carnavalO cancelamento da folia, no passado, pela Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos volta a ser questionado no meio político local. Na época, o Poder Executivo assegurou que não realizaria o carnaval para que pudesse investir o dinheiro em melhorias no município. Por isso, agora o vereador da oposição (foto) Edson Elias Khouri (PSB), o Edson Cury, quer saber, de fato, quanto foi economizado com a medida e onde o montante foi aplicado. O requerimento do socialista ocorreu na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 09.

Para Edson Cury, em 2014, o prefeito municipal, Acir dos Santos Filló (PSDB), o Acir Filló havia anunciado que os recursos não usados na realização da folia de momo seriam destinados em obras de manutenção e limpeza de córregos da cidade, todavia, exatamente, por falta de conservação a situação relacionada à vazão dos mesmos continua deplorável, ou seja, transbordando a cada chuva. Como resultado, casas são invadidas e, ao mesmo tempo, destruídas pelas enchentes como, por exemplo, aconteceu no final do ano passado.

Em outro requerimento também aprovado, por unanimidade, pelos vereadores na segunda-feira, Edson Cury pede informações sobre o porquê não fora realizado o trabalho de limpeza do Córrego Tanquinho, no bairro do mesmo nome, principalmente, no trecho situado na Rua Princesa Isabel. Afinal, o citado local encontra-se abandonado e, neste caso, transbordando com muita frequência para desespero de inúmeras famílias que em dia chuva forte ficam à mercê da própria sorte. Além disso, o socialista cobra uma previsão de quando a manutenção será feita pela municipalidade.

Na prática, segundo Edson Cury, não é somente os problemas relacionados à falta de limpeza de córregos que vêm afetando o dia a dia de munícipes, no município. Na Tribuna, ele acusou a ausência de remédios em postos de saúde, o não fornecimento da cesta de natal aos mais de três mil servidores municipais e falhas na merenda escolar, entre outras, deficiências. Antes, porém, o prefeito destacou que a sua administração apresenta sim inúmeros erros, contudo, tem feito o possível para fazer o melhor em prol da cidade.

Por Pedro Ferreira.