You are currently viewing Presidente entrega moção a professora universitária

Presidente entrega moção a professora universitária

Vereador Fabinho (centro) ladeado pela professora Marcia Guerra (esq) e amigos da homenageadaO presidente da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos, vereador Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho, aproveitou a visita de cortesia da professora universitária (foto-3ª esq) Antonia Márcia Araújo Guerra para entregar moção de aplauso por sua participação em eventos relacionados aos direitos da criança e do adolescente, de 26 de novembro a 1º do corrente, no município. A concessão da homenagem de autoria de Fabinho aprovada, por unanimidade, na sessão ordinária, em 1º de dezembro ocorreu na segunda-feira, dia 08.

A professora Márcia Guerra é bastante conceituada no meio acadêmico e, no momento, é doutoranda em Estudos Sociais pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), de São Paulo, por ser mestre e assistente social de carreira. Além disso, ela trabalha como colaboradora do Instituto Macuco que cuida da sustentabilidade ambiental, militante do Movimento da Infância e da Adolescência, pesquisadora do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Movimentos Sociais (Nemos) e educadora social do Núcleo de Trabalhos Comunitários (NTC), ambas da própria PUC-SP, entre outras, atividades voltadas a defesa dos direitos humanos, principalmente, crianças e jovens.

Cearense da pequena Itarira localizada na região do Canindé, distante a 176 quilômetros da capital Fortaleza, Márcia Guerra como à maioria do povo nordestino migrou para São Paulo há mais de dez anos em busca de uma vida para a família. Espontânea, a professora universitária disse que adora a sua terra natal, que, aliás, costuma viajar, no mínimo, seis vezes ao ano, mas, jamais negará o seu amor pela capital paulista. Afinal de contas, trata-se de uma cidade que oferece oportunidade de crescimento em todos os aspectos. “Amo o meu Ceará, porém, tenho em meu coração a terra paulista”, disse.

Ela agradeceu a justa homenagem feita por Fabinho. Também cearense, todavia, de Jucás, mais precisamente do distrito de Canafístula, Fabinho afirmou que é uma satisfação muito grande a Câmara Municipal poder conceder uma moção de aplauso a sua conterrânea não por ser nascida no mesmo Estado, contudo, por méritos próprios, ou seja, por sua brilhante trajetória de vida pessoal e profissional. “Por meio desse tributo pude conhecer um ser humano extraordinário e, acima de tudo, uma pessoa iluminada que só o exercício do bem”, alardeia Fabinho.

                                    Presenças

O ato da entrega do tributo à professora universitária foi prestigiado ainda pelo ex-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) local, psicólogo Francisco Valusterno de Araújo, o Val, pela atual presidente do órgão, Cleide Teixeira, pela coordenadora técnica da Secretaria Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social, Elisabete Bento de Souza, a Bete, pelas assistentes sociais da mesma pasta, Vanessa Santiago e Luzimar Santos Sanches e pela representante do Serviço Promocional Nossa Senhora Aparecida (SPNSA), Maria Aparecida Santos, a Cidinha. Fabinho agradeceu a presença de todos.

Por Pedro Ferreira.