You are currently viewing Vereador quer campanha de prevenção ao câncer próstata

Vereador quer campanha de prevenção ao câncer próstata

Vereador Tonho (PSD) pede campanha de prevenção ao câncer de próstataAutor do projeto que resultou na lei municipal nº 3.070, de 06 de outubro de 2011 que dispõe sobre a prevenção ao câncer de próstata, o chamado Setembro Azul, o vereador (foto) Antonio Carlos Alves Correia (PSD), o Tonho, cobrou o cumprimento da norma pelo município, na última sexta-feira, dia 14, durante audiência pública para avaliar a aplicação de recursos na Saúde no segundo quadrimestre deste ano. Para ele, ao contrário do “Outubro Rosa” que alerta a respeito do câncer de mama, até agora nada fora feito para efetivar, de fato, essa ação preventiva em prol do homem. O exame é recomendável para homens acima de 50 anos.

Tonho destaca que a campanha tem como símbolo um laço azul e poderá ser realizada pela Prefeitura Municipal em conjunto com outras entidades públicas e privadas. O vereador afirmou ainda que essa parceria foi estabelecida no texto da presente lei, exatamente, para que a municipalidade não assumisse de forma isolada as despesas com a promoção desse evento voltado para o sexo masculino. Em todo caso, mesmo assim, Tonho lamenta que o governo municipal anterior e atual não tenham tirado a medida preventiva do papel.

Afinal de contas, o Setembro Azul representa uma ferramenta muito importante para evitar não apenas o câncer de próstata, mas, também outras doenças, tais como, a pressão arterial e a diabetes. “Para tanto, o homem precisa deixar de machista em relação ao câncer de próstata e, ao mesmo tempo, passar a cuidar melhor de sua saúde”, explica Tonho. O vereador adverte que por falta de conscientização sobre a importância dessa ação preventiva, muitos homens só descobrem a terrível doença em estágio avançado, o que acaba sendo tarde demais para obter a cura.

Por sua vez, sem fornecer nenhum tipo de detalhe, o secretário municipal da Saúde, Luís Claudio Rocha Guillaumon prometeu que vai mandar fazer um levantamento da situação e, com isso, possibilitar que o município passe a cumprir a norma em vigor desde 2011, ou seja, no ano que vem, finalmente, os homens também terão uma campanha para prevenir o câncer de próstata, como já ocorre contra o câncer de mama. A lei prevê que fica assegurado aos casos de doenças descobertas durante o evento o imediato acolhimento para tratamento e o apoio terapêutico da pasta da Saúde.

Por Pedro Ferreira.